person_outline



search

AULA DE LITERATURA

Ou será que foi uma aula de Português??? Não lembro...

  Sempre fico espantado com a quantidade de pessoas que afirmam que não gostam de ler. Inclusive no meio universitário, não raro, ouvi esta manifestação de repulsa pelo hábito da leitura.  Quando afirmo que tenho gosto pelas palavras, um ar aterrador toma conta dos presentes e quando falo que, de vez em quando, me arrisco até a escrever, as pessoas ficam abismadas. E ainda por cima adoro dar um tom sensacionalista na minha colocação. "Gosto de ler apesar da escola". Uma frase de impacto. Parece radical, mas tem uma explicação bastante razoável.

  Quando cursava a 5ª série do primeiro grau tive minha primeira experiência catastrófica com a leitura. Contava com 10 anos e a professora tinha me dado a tarefa de ler Memórias Póstumas de Brás Cubas. Evidentemente que após a leitura eu deveria construir uma ficha  contando o desenrolar da trama, os personagens, a época, etc. Confesso que tentei, inclusive mais de uma vez...mas não deu.  Machado de Assis é um dos maiores escritores da literatura mundial. Sua obra carrega extrema complexidade de idéias e além disso foi publicada em 1881 numa linguagem bem diferente da atual. Diga-se de passagem que uma bagagem de conhecimento histórico também ajuda a entender o desenvolvimento da narrativa. Este livro é o marco que deu início ao Realismo, é considerado o primeiro romance psicológico da literatura brasileira. Se hoje sou fã incondicional do primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras, naquela época só pretendia fugir de tudo quanto era relacionado a literatura machadiana.

  Para tudo existe uma fase. Creio que o objetivo maior destes anos iniciais seria estimular o gosto pela leitura, contando, é claro, com textos apropriados para cada faixa etária. Por sorte eu sabia que o mundo dos livros era gigantesco e que não estava resumido aos exemplares indicados (obrigados) pela professora. Divertia-me com livros infanto-juvenis, com textos mais simples. Gradativamente fui amadurecendo e também me capacitando para poder apreciar leituras mais complexas.

  Assim como todos meus colegas (neste caso não houve exceção) fiz um resumo baseado no resumo, ou seja, copiei o comentário das "orelhas de contra-capa" da edição  que possuía. Mas a alegria durou pouco e novos desafios estavam para vir...Castro Alves seria o próximo e uma seqüência de autores clássicos o seguiria.

  Este processo sempre me instigou dúvidas a respeito da responsabilidade da escola em  ajudar o desgosto do brasileiro pela literatura. Estou afastado das salas de aula já a algum tempo, não acredito que este tipo de problema se perpetue, ou será que estou enganado?

Uma pulguinha para os educadores de plantão...

Pin It
Atualizado em: Seg 28 Jan 2008

Comentários  

#18 gilcalmon 26-02-2010 22:12
Reforçando o comentário dos amigos, você disse a pura verdade. Ler é uma grande virtude, além de cultura e esclarecimento, más nem todos gostam. Não posso dizer que seja um defeito não gostar de ler, pois estaria sendo radical e interferindo no direito do outro. Parabéns. Gostei de te ler. Todas as estrelas para ti. Abraços. Gil. Aproveito e peço licença para enviar-lhe uma mensagem privada.
#17 gilcalmon 26-02-2010 22:12
Reforçando o comentário dos amigos, você disse a pura verdade. Ler é uma grande virtude, além de cultura e esclarecimento, más nem todos gostam. Não posso dizer que seja um defeito não gostar de ler, pois estaria sendo radical e interferindo no direito do outro. Parabéns. Gostei de te ler. Todas as estrelas para ti. Abraços. Gil. Aproveito e peço licença para enviar-lhe uma mensagem privada.
#16 gilcalmon 26-02-2010 22:12
Reforçando o comentário dos amigos, você disse a pura verdade. Ler é uma grande virtude, além de cultura e esclarecimento, más nem todos gostam. Não posso dizer que seja um defeito não gostar de ler, pois estaria sendo radical e interferindo no direito do outro. Parabéns. Gostei de te ler. Todas as estrelas para ti. Abraços. Gil. Aproveito e peço licença para enviar-lhe uma mensagem privada.
#15 Raferty 15-03-2008 05:10
Lúcido artigo onde o autor mostra claramente que o academicismo nacional é falho. O despreparo da maioria dos professores, que impõe clássicos de cunho psicológico profundo à iniciantes. Sem mencionar que o próprio professor não sabe nada além do que decorou. Outra realidade é que as novelas televisivas, em alguns casos, são mais atrativas em todos os sentidos. Também, parece doença crônica, mas talentos desconhecidos não lêm outro escritor desconhecido. Um abraço
#14 Raferty 15-03-2008 05:10
Lúcido artigo onde o autor mostra claramente que o academicismo nacional é falho. O despreparo da maioria dos professores, que impõe clássicos de cunho psicológico profundo à iniciantes. Sem mencionar que o próprio professor não sabe nada além do que decorou. Outra realidade é que as novelas televisivas, em alguns casos, são mais atrativas em todos os sentidos. Também, parece doença crônica, mas talentos desconhecidos não lêm outro escritor desconhecido. Um abraço
#13 Raferty 15-03-2008 05:10
Lúcido artigo onde o autor mostra claramente que o academicismo nacional é falho. O despreparo da maioria dos professores, que impõe clássicos de cunho psicológico profundo à iniciantes. Sem mencionar que o próprio professor não sabe nada além do que decorou. Outra realidade é que as novelas televisivas, em alguns casos, são mais atrativas em todos os sentidos. Também, parece doença crônica, mas talentos desconhecidos não lêm outro escritor desconhecido. Um abraço
#12 camila meneghetti 08-02-2008 05:21
concordo, desde de pequena sempre adorava ler e quando na escola éramos obrigados por exemplo a Machado de Assis a idéia não me agradou, mesmo amando a leitura. Os alunos não são muito interessados em algo que não se abitue a linguagem da vida deles. Com o tempo a gente percebe muitas coisas e agora me dou muito bem com os nossos escritores, mas nem por isso são meus preferidos. Acho que é por isso que muitas pessoas não gostam de ler, porque desde pequenos somos obrigados a ler algo que não nos interessa na época. E alguns desistem fácil de querer procurar outra coisa para ler.Preguiça e falta de interesse são os maiores fatores pra tudo isso.
#11 camila meneghetti 08-02-2008 05:21
concordo, desde de pequena sempre adorava ler e quando na escola éramos obrigados por exemplo a Machado de Assis a idéia não me agradou, mesmo amando a leitura. Os alunos não são muito interessados em algo que não se abitue a linguagem da vida deles. Com o tempo a gente percebe muitas coisas e agora me dou muito bem com os nossos escritores, mas nem por isso são meus preferidos. Acho que é por isso que muitas pessoas não gostam de ler, porque desde pequenos somos obrigados a ler algo que não nos interessa na época. E alguns desistem fácil de querer procurar outra coisa para ler.Preguiça e falta de interesse são os maiores fatores pra tudo isso.
#10 camila meneghetti 08-02-2008 05:21
concordo, desde de pequena sempre adorava ler e quando na escola éramos obrigados por exemplo a Machado de Assis a idéia não me agradou, mesmo amando a leitura. Os alunos não são muito interessados em algo que não se abitue a linguagem da vida deles. Com o tempo a gente percebe muitas coisas e agora me dou muito bem com os nossos escritores, mas nem por isso são meus preferidos. Acho que é por isso que muitas pessoas não gostam de ler, porque desde pequenos somos obrigados a ler algo que não nos interessa na época. E alguns desistem fácil de querer procurar outra coisa para ler.Preguiça e falta de interesse são os maiores fatores pra tudo isso.
#9 Neidesantos 05-02-2008 23:12
Estou chegando devagarinho e sempre crianças, mas já concordo com os meus amigos acima. É mto bom ler textos q divulguem a situação q infelizmente estamos vendo no cotidiano. Não com tdas pessoas, mas mtassss, nem suportam ouvir a palavras leitura, isto é um horror. Li e gostei muiiiitoooo. Vc escreve como anjo q trás em mãos sua agenda de colaboração para literatura da terra. Bjsss Neide.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222