person_outline



search

Série Anjos caídos e o chefe dos querubins

Sinopse:
'Esta, é uma série de seres sobrenaturais,e, exorcistas, cujo protagonista é Drink Swith Snow, tendo como ente querido sua irmã caçula Swater, porém Drink tem um trauma, porque os seus pais e boa parte de sua família,foi morta por um demônio extremamente poderoso, e Drink acredita que possa ser Lúcifer que os matou,e, agora, os sobreviventes além de Drink,e,sua irmã Swater, são:Avo Michael,e,seus dez irmãos.



'No principio,onde não havia nada,Deus criou um lugar, o chamou de paraíso, a terra do doce e mel. Neste,mesmo lugar, o imperador do universo,criou vários campos, e, lugares de paz,e, luminosidade,e,então, Deus viu que era bom. Depois criou um lago grande,calmo,e, limpo,e, então, viu que isso,também era bom. Deus criou um templo sagrado,com uma capella,e finalmente a "Cidade de Luz".

'Depois foram criados, seres celestiais,os quais foram divididos,em uma hierarquia, Querubins, arcanjos, serafins,portardes,osfanins,etc.



-Quer descobrir o que vai ocorrer? venha!


Fanfic / Fanfiction Anjos caídos e o chefe dos querubins

Capítulo 1 - O anjo das trevas


Fanfic / Fanfiction Anjos caídos e o chefe dos querubins - Capítulo 1 - O anjo das trevas



-No princípio só havia o vazio,eu criei o paraíso.Nele criei campos e flores.

-Construí templos e uma cidade.eu chamei de Cidade de Luz!  lá estabeleci meu palácio de luz.

                                                  

                           Fim do povo Deus.                                                                                                                     

                                                                                                                                                                                                                         

                                                                                                                                                                                                                       

No reino dos céus havia uma grandiosa Cidade de Luz no seu centro tinha um grandioso palácio todo feito de ouro e prata ambos puros. Deus é quem comanda aquela Cidade de Luz. Esta cidade ficava próxima ao Paraíso. O palácio por dentro era de tirar o fôlego de qualquer anjo ou humano. Suas paredes,quartos,objetos,móveis,quadros,portas e corredores tudo isso feito de ouro e prata ambos puros,embora tivesse algumas paredes cor de mel. E o seu chão era feito de cristal transparente que cintilava sobre o sol.

-Cidade de Luz, é, o nome do lugar!

     

-Vou criar um anjo! -disse Deus enquanto aparecia um lâmpada de ideias sobre sua cabeça.                                   

-Eu vou pegar a cerâmica cara!-disse carregado o pote que a continha dentro.

Deus começou a formar o rosto do anjo com aquele material celestial. Este foi o primeiro dia! ele enfiar dois cristais nos dois buracos onde será os olhos do anjo e os transformou em retinas. Este foi o segundo dia da criação do anjo.E seguida molhou o dedo novamente porém agora na tigela onde se continha ouro puro e começou a desenhar as sobrancelhas do anjo. E começou a desenhar os belos cabelos dourados do anjo até alcançar trezentos de comprimento. Este foi o terceiro dia da criação do anjo.Terminou de definir o rosto do anjo,incluído olhos e cílios,os lábios carnudos. começou a pintar até ficar bronzeado e brilhoso com uma expressão atraente.começou através da cerâmica cara o pescoço do anjo e passou a pintá-lo.

-Vou usar o bronze! - afirmou o Rei dos Anjos.

Deus pegou mais um pouco de cerâmica cara e começou a formar o pescoço do anjo,começado a pintá-lo.

-Vou usar o bronze! -afirmou o Rei dos Anjos - Ele pegou sua marreta de cristal e começou a esculpir o abdome do anjo bem musculoso. Este é o quinto dia.

Track! track! track!​

E por fim começou a pintar o abdome do anjo e começou a terminar de formar as costas do mesmo. E depois as pintou. Deus começou a esculpir o baixo ventre do anjo e as coxas com sua marreta de cristal.E começou a pintá-las. E então começou a esculpir o bumbum do anjo e a pintá-lo com seu pincel. Este é o sexto dia da criação do anjo. Ele esculpiu e pintou as pernas torneadas do anjo. E assim terminou o corpo do anjo mas faltava algo...Deus enfiou o dedo na tigela onde continha prata pura para começar a formar uma asa do anjo.

-Estou,quanse acabado, com minha obra!-disse o autor de todo aquele mundo.

 Deus formou a segunda asa do anjo feita da prata pura. Este é o último dia de sua criação.

                              Relato de um anjo misterioso...

-A criatura que Deus estava criado,seria um suposto anjo. Tendo seu corpo primeiramente feito da cerâmica cara que brilhava e cintilava como ouro puro,agora só faltava terminar os cabelos do anjo. Então,o anjo começou a respirar e olhou para Deus.e tudo ao seu redor naquele salão todo chique,enfeitado e ainda com ar de paz. O anjo soltou um "Uau".

-Deus soprou nas narinas do anjo e ele começo a reagir.

-Uau!-soltou com a voz em admiração. -Hum?-olhou para Deus - O anjo não entendia. o que havia ocorrido a algumas horas atrás,mas sabia misteriosamente que Deus era seu pai -Pai?

-Se juntarás aos anjos querubins!-esbravejou em voz alta e nobre.

-Sim! ó Deus!-respondeu louvado-o.

-Seu nome serás Lúcifer!-esbravejou em voz alta

Lúcifer,tem lindos e profundos,afiados mas inocentes e brilhantes olhos azuis. cílios espessos,nariz perfeito e delineado.lábios perfeitos,grandes e carnudos.rosto no formato pêra. longos e lisos cabelos dourados de trezentos de comprimento com cachos nas pontas. asas feitas de prata pura. corpo esbelto e perfeito com bumbum grande. o único que não tem pêlos. então, Lúcifer pela primeira vez   sentiu uma leve brisa, fazer carinho em sua bronzeada pele.ficou olhando por lados com os olhos sem se mover curioso, até que apareceu   milagrosamente um longo e branco manto de tecido fino,com um cordão grosseiro amarrado, em sua cintura de pêra, apertado-a um pouco. Lúcifer, deu uma última olhada, para Deus e por salão, saído de lá acompanhado, por seu irmão Miguel, até seu chique quarto. 

- Miguel? Miguel? Miguel?-Deus chamou o arcanjo.

- Tô aqui Deus!-falou aparecendo do nada.

- Leva Lúcifer por quarto!-ordenou o rei dos anjos.

-Sim senhor!

                                   5 MINUTOS DEPOIS...

- Então,Seu nome é Lúcifer né? -perguntou tentando puxar assunto.

-Aaah,claro! pode me chamar de Lucy! -apresentou-se

- Então Lucy...Meu nome é Miguel! -apresentou-se também.

- Então Miguel...Te chamo de Mike ou Rosinha?

- Tá tirado uma só porquê minha pele é corada,né? hey! -  disse  de costas rindo.

- Eu sei também te amo! -Lúcifer brincou.

-Obrigada Lucy! eu acho! vai saber!

- Vamos voar?

- Como se faz?

- É só abrir as asas ora!

-Bom,não custa tentar! -disse Lúcifer.

-- Aah! -Lúcifer gritou.

Miguel vou rapidamente para segurar a mão de Lúcifer. -Tá bem?

-S-sim! - O outro gaguejava.

-Vamos á pé? -perguntou o arcanjo.

- S-sim... -Ainda gaguejava.

- Chegamos! -Miguel exclamou.

Lúcifer para olhou seu chique quarto.

- És o anjo mais belo e inteligente!-elogiou o arcanjo.

- Aonde quer chegar?-perguntou de forma direta.

Lúcifer andou e aproximou-se de sua cama deitado-se nela olhado para seu irmão,porque Miguel ainda se encontrava lá. O querubim estava deitado em cima de uma bela cocha de babados e  de tecidos olhado de relance para Miguel completamente curioso.

- Lucy! embora não quer dizer nada! -advertiu-lhe o arcanjo

Então Miguel saiu do quarto sendo que é a quarta vez que Lúcifer conversou com alguém,então,o anjo ajeitou-se bem com a  cocha e cobertores,e fechou os olhos e dormiu.

-RONC! -roncava Lúcifer.

No dia seguinte,que era o segundo dia da criação de Lúcifer entrou pela porta Gabriel,o anjo mensageiro tem lindos e negros cabelos curtos e  cacheados. olhos brincalhões,grandes e negros brilhantes. sobrancelhas bem finas deixado-o gracioso.rosto no formato morango e lábios poucos definidos e nem carnudos mas charmosos;pescoço fino,corpo magro com aparência de uns cinquenta e três quilos e grandes asas brancas como a neve.

- Vista as roupas alvas e brancas! -avisou o anjo mensageiro.

Então,Lúcifer foi abrindo lentamente os lindos olhos cansados e espreguiçou-se para levantar-se  da sua cama. Lúcifer olhou para Gabriel com um olhar orgulhoso mas puro e sorriu-lhe convencido mas porém cansado,devido a esse cansaço Lúcifer fingiu que estava cantando quando na verdade não estava pois não tinha a menor vontade de cantar com todo aquele cansaço. Deus compreendendo os liberou mais tarde para suas tarefas. então,Lúcifer realizou suas primeiras tarefas. até que um dia,Lúcifer com um sorriso convencido ficou olhando por lados para ver se tinha alguém os observando,então o querubim fechou seus olhos por alguns minutos e os abriu,e tomou a palavra.

- Sou um dos melhores anjos dos louvores!-disse sentido um novo sentimento

- Não deixe ser vencido pelo orgulho!-Deus aconselhou preocupado

-Sim!-respondeu o querubim.

Então Deus teve uma terrível sensação e um mau pressentimento sentido em seguida sentado em seu grandioso trono de ouro um forte aperto no peito. O que será? confira no próximo capítulo!









Pin It
Atualizado em: Ter 7 Abr 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222