person_outline



search

Amantes do Caos

Seu sorriso era encantador: roxo.
Sua beleza fantasmagórica: maltrapilha os cabelos negros presos por um coque.
Eu me encantei e confesso, foi amor à primeira vista. E ainda confesso, eu a beijei com meus lábios de sangue.
Imediatamente eu a cativei pra mim e, numa tarde de tempestade, o céu negro cheio de relâmpagos e trovões, nós dançamos.
A cama era uma elegância no meu mausoléu digno dela. E fomos então no meio de velas e assombrações.
Nós amamos e nos confundimos com fogo e frio; com reclusão e dinastia; com amor e ratos. Mas... Silêncio.
A lua branca chegou e murmurou: "bem vindos a minha loucura e o meu inferno".
E voamos para encontrarmos os anjos de Apocalipse.
Pin It
Atualizado em: Sex 23 Nov 2018
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222