person_outline



search

Lily Alban e o marques de ferro

como decrever Lily Alban talvez o primeiro dia que nos encontramos diga tudo Eu Eric Alexandre de borbon III  23 anos acabei de receber um pedido para ser uma especie de guarda costas pedido feito pessoalmente pelo conde Alban que pediu que eu acompanha-se sua filha em suas viagens eevita-se que ela gera-se  confrotos desnecessarios sendo assim me despedi de minha querida cidade natale segui viagem em direção a masão Alban, apesar da viagem ser longa não foi das mais conturbadas e pude apreciar muito da linda vista dos campos, porem algo me chamou a atenção ,um cão negro para no fim da estação que num piscar de olhos sumiu, dizem que é sinal de má sorte ver um ,eu pessoalmente espero que não tenha sido um erro vir a esta cidade.depois de desembarcar na estação eu percorri o restante do percurso a pé tanto para me habituar a cidade como tambem para saber no que estou me metendo, oque sei é que Lily Alban tem 16 anos e é considerada uma das mentes mais brilhantes do mundo perdendo somente talvez para duas pessoas o ladrão mais famoso do mundo Arsene lupin e é claro o proprio sherlock holmes da inglaterra .
caminhando pela cidade tive a oportunidade de ouvir diversos rumores sobre a senhorita Alban primeiro sobre sua beleza cativante e depois sobre seu talento para causar desordem e destruição oque me faz mais curiososo para conhece-la.depois de muito andar  finalmente encontro a masão Alban, grande branca ,com acabamentos em ouro.chego perto da porta e toco a capainha , alguem vem abrir a porta, é o mordomo, ele é grande, palido, de olhos verdes caidos.ele diz:- meu senhor , entre estavamos lhe esperando anciosos , infelizmente a senhorita Alban se nega a sair do seu quarto 
eu fiquei um pouco irritado é claro pela loga viagem então eu perguntei :
- onde ficam os aposentos da senhorita Alban ?
o mordomo respondeu:
- subindo as escadas terceira porta a direita
- perfeito.
larguei minha pagagem lá no chão e subi as escadas tao rapido que um passo em falso seria o bastante para eu rolar de volta ao inicio, quando cheguei na porta, eu a empurrei com força fazendo muito barulho.lá estava ela havia acabado de sair do banho totalmente sem vestes e como qualquer garota ou mulher vista nesta situação escondeu-se e pegou a primeira coisa que alcançou e deferiu a mim e errou, pegou um abajur e tacou fazendo me recuar ao centro da antesala e por ultimo pegou um uma faca como de cosinha que estava na bandeija do seu café e atirou errado de maineira vergonhosa,me veio um pensamento essa é a mente brilhante logo depois minha vista se escureceu e perdi a consciencia quando acordei tinha um galo enorme que me cusou um dor de cabeça inigualavel. eu me levantei e perguntei:
- oque aconteceu ?
e conde Alban que havia chegado a pouco respondeu:
- você acaba de esperimentar o efeito Lily 
com essa palavras eu consegui entender o que havia acontecido ela jogou os dois primeiros objetos para me fazer recuar ao centro da sala e faca que eu pensei que ela tinha errado na verdade acertou na mosca o alvo que era o lustre acima de mim e o resultado foi imobilização e um galo que vai ficar na historia.
conde Alban me faz uma pergunta:
- você esta bem ?
- estou sim , tão bem quanto possivel para alguem que teve sua orbita craniana acertada
com sua voz num tom um pouco elevado o conde Alban diz:
- Lily peça desculpas ao senhor Eric, vamos peça logo 
ela indiginada diz em um tom ainda mais elevado
- não peço, a culpa é dele invandindo os aposentos de uma dama 
sem querer acabei dizendo:
- não , uma dama não agiria desta forma 
foi o bastante para eu não só obter outro galo como tambem desmaiar novamente desta vez quando consegui abrir os olhos conde Alban nos apresentou formalmente
- Lily este será seu guarda costas daqui pra frente, ele é o filho de um grande amigo meu portanto trate-o com educação. 
- sim, Pai. 
- Eric esta é Lily minha filha deixo ela sobre seus cuidados
- com prazer conde Alban.
- agora vou me retirar e deixar vocês se conhecerem melhor 
o conde Alban sai e la esta ela Lily a grande mente brilhante, com a cara tão amarada quanto uma garota de cinco anossentada com os braços crusados e um olhar penetrante especialmente voltado a mim, isso realmente me fez duvidar se ela realmente iria concordar com eu sendo seu guarda-costas.depois disso eu fui levado a um dos quartos de hospede onde ficarei durante minha estada, guardei minhas bagagens e fui para a sala de jantar me sentei a mesa onde estavam o conde e a senhorita Alban, jantamos no silencio absoluto nem mesmo a repiração parecia profunda e eu pensei oque eu estou fazendo aqui, finalmente percebi que iria me tornar uma babá de um criança arteira, mal educada, arrogante e cheia de caprixos.
logo pela manha eu notei uma exaltação parei um dos serviçais e perguntei:
- oque houve ? por que todo essa movimentação ?
e ela me reponde:
- a senhorita. a senhorita fugiu 
corri ao quarto dela e sobre a cama encontrei uma carta pertencente ao marquez Antonio Verice conhecido como o marquez de ferro era um pedido para que ela desvenda-se um misterioso crime que ocorreu semana passada na casa do marquez 

 

CONTINUA...

Pin It
Atualizado em: Seg 29 Ago 2011

Comentários  

#3 PauloJose 18-03-2013 20:17
SHOW PARABÉNS.
ABRAÇOS.
#2 Arnoldo 15-01-2013 14:45
Muito bem relatada a história.Parabéns.
#1 Tamires 30-08-2011 19:28
Muuito bom! :-)

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222