person_outline



search

Amnesia temporaria

Meu coração está ferido. Querido diário,sei que é coisa de criança escrever em folhas de papel, mas, essa e a única maneira que encontro  em desabafar o que sinto . Nunca imaginei que estaria apaixonada por  alguém. Ainda mais ele. Não sei se ainda somos  amigos, ou algo parecido? Ontem ele me beijou, estava bêbado. Me disse palavras bonitas, que sempre me amava que não suportava outro  homem ao meu lado.No fim me  entreguei a ele , meu primeiro amante.

Hoje pensei que estaria arrependida dos meus  atos de ontem, mas  não estou. Foi algo inesperado. Sempre imaginei como seria minha primeira vez, com quem seria. O lugar perfeito.

Um quarto cheio de  flores , incensos ao redor . E  outra pessoa. Nunca imaginei que não iria ter flores, muito menos incensos e que seria em uma  festa. E  o pior de tudo. Que seria no quarto de Meu amigo.

Ontem   foi o melhor dia da minha vida, hoje está sendo  pior? .Assim que ele  adormeceu, decidi ir pra casa, ele estava bêbado e  dormindo como um anjo, um maldito anjo negro. Não queria que  ninguém me encontrasse  ali, sabia que ninguém ia desconfiar de nada, pois sempre estava no quarto dele, Sempre estávamos juntos  e todos sabiam que éramos apenas  amigos nada   mais. Na escola há uma mania, toda  manha muitos garotos se  juntam e ficam atrás da porta, só esperando a garota que estava lá dentro sair.

Eles  iam fazer isso, sempre  fazem,  não sei se ia agüentar tamanha humilhação , não de estar com ele. Mas por  todos saberem que estávamos fazendo.

Pensei em conversar com ele  noutro dia, sem ninguém por perto. Mas  para meu desespero, ele não se lembra de nada.Fico me  perguntado se ele  não se  lembra de verdade  ou apenas finge. Minha cabeça esta  a mil. Estou sem paciência, tudo me irrita.

Agora ele está, ali no  canto da mesa. Conversando com sua namorada,  maldita.Não  aquento mais , estou desesperada, quero fugir , me esconder em qualquer lugar.Mas esse sentimento não deixa.

Uchiha itachi, maldito seja o  dia em que entrou na minha vida, em que me possuiu em que te amei.

Quero esquecê-lo, Kami-Sama me ajude.

Sakura olhou  mais uma  vez para o pequeno caderno, que havia convertido em seu novo diário, deste pequena ,ela tinha mania de escrever em  um. Mas  decidiu parar ,garotas na  sua idade não escreviam , achava que era coisa de criança.

Pegou a pequena  caneta, azul, e deixou no lado do caderno. Lia e relia cada parágrafo como se  ali tivesse a reposta pra tudo. Não conseguia, ter suas repostas. Tudo que mais queria era apagar a noite de ontem de sua mente. Mas ele estava  lá,  para lembra – lá.

- Bom dia sah- disse uma voz suave atrás dela.

-bom  dia itachi- disse Sakura com indiferença.

- Sakura , queria te pedir desculpas por ontem a noite. Bebi demais- disse  itachi , pegando sakura de surpresa , ele estava arrependido .

- O que ta  feito, ta feito – disse em seco, sakura.

- Ainda está com raiva?

-Não sei.

- Te dei muito trabalho, deve ter tido muito trabalho em me  carregar ate meu  quarto.

-Um pouco.

-Itachi , do que você se lembra ?

- Poucas  coisas, me lembro de ter aceitado uma aposta, acho que  bebi demais, depois me  lembro de  você me levanto pra casa, depois. Acho que desmaiei. Tudo ta escuro na minha cabeça.

- Só isso?

- Sei que  te dei trabalho Sakura , sei que  não sou uma criança . Sou pesado- disse  itashi , sorrindo.-Por isso agradeço a kami-sama , por ter você  como  amiga.

Sakura estava se sentindo como um lixo, ele esquecerá delá? Do que  fizeram , das palavras ditas.Pegou seu caderno  e se levantou  da cadeira o mais  rápido possível.

-Tenho que ir.

- Pra onde?

- Tenho  alguns problemas pra resolver  itachi , te vejo mais  tarde – saio em passos  largos e rápidos , não queria que ele a visse  chorando, não queria  chorar.

Aos poucos as gotas de água salgada saiam de seus  olhos,  por mais  que tentasse segurar, não conseguia. Entrou no  carro e saio em  direção ao cemitério de são Miguel. Precisava conversar , desabafar e sua mãe estava lá. Mesmo que não respondesse suas perguntas,  Sakura sabia que ela a ajudaria a suportar a dor que estava em seu coração.

Uma noite Inesquecível

Pin It
Atualizado em: Qua 12 Maio 2010

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222