person_outline



search

Pandemia - Natureza fonte de reflexão

AGUIAS X CORVOS E URUBUS
Foco e estratégias: aprender com a natureza como nos livrar dos corvos e urubus que  dispersam nosso foco na vida.
O presente estudo motivacional tem como objetivo entender e compreender nossos ciclos vivenciais cotidianos foi desenvolvido através pesquisas bibliográficas livros, revistas, documentários, fotos, vídeos em busca de informações no cotidiano, observações e experiências importantes nos acontecimentos que presenciamos vivendo e convivendo junto a natureza, instantes relevantes oferecidos em momentos único pelo ciclo natural da vida, onde devemos ter um olhar critico e buscar entender e compreender: aprender algo que possa contribuir no desenvolvimento das pessoas na busca de sonhos e objetivos e identificar possíveis barreiras no caminho, que possa desviar seu foco rumo seu alvo.
A natureza nos apresenta experiências que podem contribuir de forma definitiva na vida dos seres humanos, história diz que: o único pássaro que consegue desviar o foco de uma águia no percurso rumo a seu alvo são os corvos, que durante o vôo de uma águia pousa em suas costas e morte seu pescoço, desviando sua atenção e atrapalhando que atinja seu alvo tirando seu foco.
Más águias como sabemos é um pássaro de extremo senso de foco e determinação, conhecendo seu poder de força e resistência, cria uma estratégia: aumenta seu vôo, voa alto sabendo que os corvos são menos resistentes, sentiram falta de ar e desistiram de atrapalhar, com isso a águia seguirá seu caminho rumo seu objetivo.
Caminhadas. Nos percursos da vida em nosso cotidiano, temos oportunidades de visualizar nos terrenos baldios das esquinas das ruas, falta do poder público atender melhor os seres humanos, oferecer dignidade para viver, com esta deficiência encontramos bandos de urubus sempre a espera de algo que possa ser descartado, como sabemos através de nossos aprendizados que os urubus vivem e sobrevivem, alimentando de algo que encontram sempre com facilidade no percorrer de sua vida, animais que não possui o extinto de caçar, buscar algo para sua sobrevivência apresentam sempre senso de despreocupação, ficam sempre a espera de oportunidades fáceis, resto de algo.
Os seres humanos são movidos por sonhos e busca de objetivos: as histórias relatadas podem fazer uma breve e sabia comparação: entre as pessoas com senso águia, sempre focadas em buscar conhecimentos, investem em estratégias para realizar sonhos e conquistar objetivos.
Más somos seres humanos vivemos em sociedade, no entanto convivemos com pessoas que no percorrer da vida agem com senso dos corvos, nos vôos dos indivíduos com senso das águias: apresentam sempre idéias negativas, ficam no caminho atrapalhando que atinja seus sonhos e objetivos, no cotidiano querem viver sempre nas costas dos indivíduos com senso águia, mordendo sempre o que podem, levando os indivíduos de senso águia montar estratégias para livrar-se deste incomodo permanente.
Na vida todos os ciclos são completos: a natureza nos apresenta os indivíduos com senso dos urubus, sempre esperando oportunidades de conquistar algo com facilidade, não preocupam em buscar objetivos na vida, sem sonhos, sempre desmotivados e braços cruzados sem foco.
Apresentam sempre estilo de viver acreditando que as no percorrer da vida as coisas fáceis de conquistar, que tudo vai acontecer em algum dia, o acaso é ponto de sustentação “TALVEZ” amanhã eu mudo meu jeito, ainda é cedo: tenho muito tempo para conquistar algo, sempre desmotivados.
No cotidiano entendem que as reservas dos indivíduos com senso águia: são restos e não reservas estratégicas para momentos de dificuldades, no entanto acreditam que podem utilizar estas reservas a qualquer momento, quando achar necessário para resolver suas dificuldades cotidianas.
Tornando um imenso problema para os indivíduos com senso águia, é conduzido montar estratégias para livrar-se deste incomodo constante, para continuar sua caminhada e buscar sonhos e objetivos.
Indivíduos com senso motivador, sonhadores, focados em conquistar sonhos e objetivos e com estratégias futuras: devem buscar entendimento, compreender e sabedoria para identificar em seu ciclo de vida: os corvos e urubus para que seu foco não seja desviado rumo às estratégias planejadas a fim de atingir seu alvo desejado.
Pin It
Atualizado em: Qui 8 Abr 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222