person_outline



search

O melhor de si

"Simplesmente, dê o melhor de si - em qualquer circunstância da sua vida. Não importa se você está doente ou cansado, se der sempre o melhor de si, não haverá forma de julgar a si mesmo. E se não julga a si mesmo, não há forma de ficar sujeito à culpa, ao arrependimento e à autopunição..."   - Dom Miguel Ruiz, autor de "Os quatro compromissos".
Não gostamos de tudo, não concordamos com tudo e não aceitamos tudo, isso é fato. Mas diante dessas situações, quaisquer que sejam-as, quantas vezes experimentou fazer o melhor de si? Ao fazer isso, certo que descobrirá o prazer de fazer as coisas sem esperar recompensa e justamente sem esperar, a recebe. Fazer as coisas pelo prazer de fazer se trata de receber uma surpresa boa sem esperar por ela. "Se agir pelo prazer em agir, sem esperar recompensa, vai descobrir que gosta de todas as suas ações" (D. Miguel Ruiz).
Dar o melhor de si não está relacionado a colocar toda sua força de vontade no cumprimento de uma determinada tarefa, na busca de realizar um sonho ou na determinação em realizar algo de imediato. Pois assim, ficará esgotado e cansado, sendo incapaz de dar o seu melhor em outra tarefa, em outro sonho e em outro objetivo. Mas quando você decide fazer o melhor de si, você percebe até onde pode ir, sem exageros. Não se trata de quantidade, dar o melhor de si é qualidade. Nem mais, nem menos. 
O seu melhor não é fixo. Um dia você poderá ser melhor que outro, um dia o seu melhor está em correr ao livre por 7km, outro 3km, em outro pode ser que caminhe e em outro pode ser que o seu melhor seja descansar em casa; o seu melhor pode está em limpar a casa toda, já no outro dia apenas o seu quarto, no outro a cozinha e a sala e no outro pode ser que seja apenas tirar poeira de alguns móveis; em um dia você irá resolver 60 exercícios, em outro 20, em outro 70 e pode ser que em outro resolva 10 exercícios. Mas se você tiver dado o melhor de si certo que estará contente por esses dias, pois foi o seu melhor, independentemente do quanto fez e está tudo bem, mas dê o seu melhor! 
O seu melhor não depende de você está excitado, animado, extasiado, empolgado. A vida se compreende em altos e baixos, as emoções não são permanentes e sempre sofrerá influências, você pode acordar ótimo, durante a tarde estar mal e durante a noite mais ou menos. Mas o que vai definir sua autoavaliação ao final desse dia será se você fez o seu melhor, independentemente do seu estado. Você pode dar o seu melhor mesmo cansado, mesmo diante de frustrações e mesmo diante da tristeza, tenha em mente o que é o seu melhor em cada estado e o faça, assim não irá se julgar insuficiente ou incapaz, tampouco estará sujeito a autoculpa.
Não espere recompensa. Fazer o melhor de si não está ligado em lavar a louça para ganhar algo em troca dos pais ou ainda fazer uma surpresa para receber em troca afeto e atenção da pessoa ou ainda fazer doação para receber elogios. Não se trata de alimentar o seu ego. Esperar receber recompensas pelos atos é como projetar no outro suas próprias expectativas. Tenha certeza que, ao fazer o seu melhor, você mesmo se recompensa, com doses de autoestima, com valorização, com entusiasmo, prazer pela vida e pelas coisas. Não espere fazer nada achando que isso vai lhe trazer algo. Faça pelo prazer em fazer, e quando for capaz de fazer algo, com o SEU MELHOR, sem se preocupar com o retorno, entenderá o valor do SEU MELHOR. 
Aprenda com seus erros, fazer o seu melhor não envolve ser perfeito! Pratique! Aprender com os erros é praticar. Tenha autoconhecimento, aprenda com seus erros, seja honesto consigo mesmo. Isso aumentará sua consciência. O seu melhor nem sempre irá dar o resultado perfeito, mas isso não irá gerar algo em negativo em você, pois você tem sua consciência tranquila que foi o melhor que pode fazer. 
Não é trabalhoso fazer o seu melhor, quando você decide por isso, apreciará todos os seus deveres como parte de si, não como obrigações da vida. Assim, mesmo que esteja fazendo algo "chato ou ruim", entenderá que ao fazer o seu melhor estará se sentindo bem, pois ao fazer isso não há provocações negativas a respeito. Dará o melhor de si por vontade, não porque precisa, nem porque está tentando agradar a si ou agradar as outras pessoas. 
FAÇA o MELHOR de SI. Em tudo que fizer, lembre-se, não importando como esteja, faça o melhor de si. Seja feliz consigo mesmo!
Pin It
Atualizado em: Qui 30 Abr 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222