person_outline



search

Mil cairão ao teu lado

“Ignorando as advertências do tenente Gutschalk, Franz tentava aliviar o sofrimento onde pudesse. Algumas vezes os próprios camaradas machucados ou que estavam morrendo precisavam de assistência; outras vezes ele ajudava os judeus e ucranianos. Não fazia diferença entre amigo e inimigo, sabendo que Jesus também os teria tratado da mesma forma.” Mil cairão ao teu lado - Susi Hasel Mundy, Maylan Schurch - página 87 
Este trecho nos mostra que independente da pessoa em questão, devemos tratar como Jesus trataria; existe um projeto na minha igreja que se chama Uma Semana Para Jesus, eles escolhem uma cidade e em média, uns 300 missionários de todas as idades ( desde adolescentes até idosos) vão para passar uma semana lá, fazendo trabalhos voluntários nas áreas de:
saúde : dentistas, nutricionistas, psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos Estética: corte de cabelo, esmaltação de unhas, design de sobrancelhas, maquiagemAção social: bazar beneficente, banheiro solidário, assistência social, arte e alegria, orientação jurídica, veterinária, ebf ( escola Bíblica de Férias)
   E todos os missionários ganham uma pulseira que vem escrita, OQJF? ( o que Jesus Faria?) e acho que isso deveria ser o nosso lembrete diário em todas as situações cotidianas e não cotidianas. O que Jesus faria se alguém que ele não gostasse viesse falar com ele? O que Jesus faria se alguém traísse ele? Bom para isso já temos a resposta em Mateus 26:23 - Indicou-lhes Jesus: “Aquele que comeu juntamente comigo, do mesmo prato, este é o que vai me trair.  
 
 Mateus 26: 25. Então Judas, que haveria de consumar a traição, disse: “Acaso, seria eu, meu Mestre?” E Jesus afirmou-lhe: “Sim, tu o declaraste!”    
   Jesus já sabia que judas colocaria ele naquela cruz, e o amou, não o tratou diferente, se sacrificou e deu a oportunidade de Judas se redimir, assim como fez comigo e contigo!
   A acepção de pessoas resultam em ideologias como o nazismo. Matam as pessoas, até por dentro, na alma, no emocional!
Para finalizar quero deixar registrado para reflexão a passagem de Mateus 25:35, que diz: “Pois tive fome, e me destes de comer, tive sede, e me destes de beber; fui estrangeiro, e vós me acolhestes. “
Pin It
Atualizado em: Sex 19 Jan 2024

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br