person_outline



search

Reminiscências: O Cometa

Certos acontecimentos ficam pra sempre gravados em nossa memória. Alguns pela grandiosidade, outros pela emoção. Alguns pela expectativa, outros pela decepção.
Ficam lá no fundo guardados até que um fato ou motivo indeterminado traz à tona.
E hoje me veio à lembrança um desses fatos.
O ano era 1969 ou 1970, não me lembro a data exata, eu era uma menina.
Na pequena cidade do interior as notícias chegavam pelo rádio, jornal ou televisão.
Na minha casa chegava diariamente o jornal, se não me engano, o “Estado de Minas”. 
O rádio e a televisão também presentes traziam notícias e entretenimento.
E veio aquela notícia no rádio, TV e jornal.
Um cometa passaria pelo céu e seria um belo espetáculo. 
Seria não só visível a olho nu, mas seria grande e com uma longa cauda
E a notícia foi se tornando mais falada, se espalhando. 
Todos queriam ver o tal cometa que nem me lembro o nome.
Na vizinhança, na escola, no trabalho só se falava desse acontecimento.
A expectativa foi aumentando e todos aguardando a data chegar.
Eu que sempre tive uma imaginação fértil, ficava vendo o lindo cometa no céu, tipo Estrela de Belém. Eu imaginava um corpo bem grande carregando sua bela cauda.
Conforme o dia se aproximava a ansiedade só aumentava.
Não lembro exatamente o mês ou dia do grande acontecimento, mas lembro que as madrugadas já estavam começando a esfriar.
Na noite anterior fomos dormir já querendo que a madrugada chegasse logo.
Falha na memória o horário exato, mas por volta de quatro ou quatro e meia da manhã estávamos todos a postos. Toda a vizinhança no meio da rua, que naquela época tinha pouquíssimo movimento, sobretudo naquele horário.
Na ansiedade todos falavam ao mesmo tempo. Eu bem quieta no meu canto só fazia olhar para o céu em todas as direções, Queria ser a primeira a ver.
O tempo passava e nada do ilustre visitante dar as caras.
De repente vimos um pequenino corpo celeste com uma cauda tímida e pouco visível.
Todos se entreolharam e começou a especulação: Será que é isso mesmo?
Eu só observava o céu, me sentia decepcionada e frustrada pois não estava vendo o espetáculo que sonhei.
Ficamos mais algum tempo observando aquele cometa mínimo ali no céu e ainda esperando que o grande espetáculo acontecesse. 
O dia veio trazendo suas primeiras luzes tímidas. Nada do esperado astro aparecer. 
As famílias foram voltando para suas casas bem decepcionadas e alguns até envergonhados, mas pensando que valeu. Pelo menos viram um cometa, embora tão pequeno.
No dia seguinte ninguém falava sobre assunto. 
Três ou quatro anos depois voltou a se falar de cometa. O famoso Kohoutek. Falou-se durante muito tempo, houve previsões até de fim de mundo. Mas nós já estávamos desconfiados de que realmente seria um belo espetáculo e simplesmente ignoramos. Nem nos demos ao trabalho de levantar de madrugada para ver o famoso cometa.
Soubemos depois que que foi considerado um fiasco. Apareceu em proporções mínimas e em alguns lugares nem foi visto.
 
Pin It
Atualizado em: Seg 16 Out 2023

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br