person_outline



search

Sorte e Destino x Estratégia

Para vivermos em uma realidade mais segura devemos superar esta idéia de que teremos que ter sorte para conseguirmos nosso objetivo, e se não conseguimos foi azar ou obra do destino. Para nos resguardarmos de algumas surpresas indesejáveis é mais seguro introduzirmos a idéia de que uma decisão estratégica não iria deixarnos a mercê do acaso, e é claro além da estratégia teremos que empregar tempo e muito trabalho para chegarmos ao nosso propósito final.
Não somos donos do mundo, mesmo que por ignorância algumas pessoas tenham esta pretensão, não temos o poder de controlar tudo ao nosso redor, não podemos evitar a morte, mas do dia do nosso nascimento até o dia de nossa morte poderiamos controlar muita coisa se analisarmos com estratégia e coerência antes de tomarmos nossas decisões.
Toda crença em sorte e destino nada mais é do que uma máscara imperceptível para nossa incapacidade de acreditarmos naquilo que somos ou não capazes de fazer, jogando-nos em uma área de conforto. E mesmo que façamos o possível, em algumas situações fazer o possível já não é suficiente para chegarmos onde desejamos, temos que fazer o melhor, não o melhor em comparação com os outros mas fazer o nosso melhor. Quando nos acostumamos em fazer só o possível e habituamo-nos a não buscar o nosso melhor acabamos por tornarmo-nos insuficientes, dispensáveis.
Sigamos o pensamento do filósofo grego Tales de Mileto ( 624 AC /558 AC) que reinterava que a vida deve ser totalmente racionalizada para ser compreendida em sua universálidade.
O que estamos fazendo de nós mesmos?
Esta é vida que imaginamos viver?
Estamos juntos com as pessoas as quais realmente amamos?
Se faz necessário um questionamento de nós mesmos, e consequentemente nossas respostas devem ser extremamente sinceras, ou então permaneceremos no ilusório pensamento de que tudo depende de uma força externa, e nunca de nossas atitudes.
Sócrates ( 399 AC / 470 AC) filósofo grego considerado o pai da filosofia, mantinha em sua linha de pensamento que é fundamental conhecermos a nós mesmos, sabermos quem realmente somos, e não quem pensamos ser. A realidade que expressamos externamente pode ser bem diferente da nossa realidade interior.
 

 

Pin It
Atualizado em: Qua 22 Jun 2022

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222