person_outline



search

Inveja e comparação

A inveja torna as pessoas infelizes. Homens e mulheres a quem os bens materiais são escassos, muitas vezes dizem, ¨ Eu sou alvo de muita inveja¨. E ai fica a pergunta:
Inveja do que?
O que pode ser tão invejável nesta pessoa?
Certamente é algo abstrato, muito secreto, porque o que aparece não é nada invejável.
A maioria das pessoas se considera invejada, mas jamais invejosa. Sempre que falamos na inveja ela é na terceira pessoa, porque perdoamos o sucesso de alguém distante e jamais perdoamos o sucesso de alguém próximo. E quanto mais próximo pior, pois estabelece a dolorosa comparação.
Não importa quanto ganhamos, o importante é ganhar mais do que aqueles que vivem ao nosso redor, a inveja deixa transparecer a incapacidade de reconhecer uma falha nossa, pois reconhecer o próprio fracasso é uma coisa extremamente difícil. Sentir-se feliz com a felicidade alheia é um grande desafio. A inveja é dolorosa porque ela é indiretamente uma homenagem a quem invejamos, ela é amargamente o reconhecimento de nossa fraqueza.
O escritor Eckart Tolle escreveu em seu livro ¨O poder do agora¨ que a cada dedo que eu aponto, sempre haverá três apontados para mim, ou seja, a inveja torna-se aparente, tudo que invejamos no outro é porque nos falta, é um espaço de vazio em nós.
Machado de assim dizia que: ¨O outro sempre tem e contém algo que eu não tenho nem contenho¨.
Tudo gira em torno do ato de comparar, oque me torna alto ou baixo, rico ou pobre, etc. A inveja é o fruto maldito da comparação.
Pin It
Atualizado em: Seg 29 Nov 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222