person_outline



search

Fases da Lua

A lua, objeto de inspiração, sempre esteve na pauta de quem ama. Já foi tema de inúmeras músicas, de carnaval a romântica, de poesias, crônicas, contos e livros. Mais recentemente (e falo das últimas seis décadas) também foi objeto de exploração por grandes nações e hoje por grandes empresas. Pois bem! Chamado a escrever sobre ela, o poeta, que estava sem inspiração, teve uma ideia: por que não dar voz à própria homenageada, deixando que ela conte a sua história? E assim foi feito: “Muitas vezes me chamam de lua azul, lua negra, lua vermelha, lua de sangue, super lua e até me atribuem poderes para fazer os lobos uivarem, mas tudo isso não passa de invencionices para deturpar a minha imagem e maquiar a minha essência. A verdade é a seguinte: já nasci grande, embora invisível para a maioria das pessoas, e me deram o nome de ‘nova’: tal qual a criança que nasce e pouco aparece nos eventos sociais, eu era um ‘bebê’. Aos poucos fui me mostrando, banhada pela luz do sol, e passaram a me chamar ‘quarto crescente’: eu então era ‘menino’, depois, ‘adolescente’. À medida em que crescia, atingia pleno vigor, fui considerada cheia’: eu era adulta, totalmente resplandecente. Mas a vida não é eterna e ocorreu que fui murchando e reduzindo o brilho, até encontrar a forma ‘minguante convexa’. Quando entrei no quarto minguante, em meio às nuvens e estrelas, já velha, eu finalmente me despedi. Mas, lá mesmo, com muito esforço, reabri meus olhos e vi que poderia iniciar um novo ciclo.” Quem dera todos os homens também pudessem abrir os olhos e enxergar a chance de renascer, de recomeçar e refazer escolhas, com  menos culpa, menos ódio, mais amor!

Pin It
Atualizado em: Qua 17 Jun 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222