person_outline



search

MUITO PRAZER, MEU NOME 'É

Somos otários quando procuramos fazer da nossa vida uma vida digna, respeitada, seguindo a nossa consciência sem querer prejudicar ninguém.
Nesse país são otários aqueles que querem trabalhar, e lutam por causas perdidas não por não serem injustas, mas pelo contrário, são justas demais, principalmente  para nós que recebemos um salário mínimo trabalhando quarenta horas ou mais horas por semana e tendo um dia para descanso que se tornará um extra sempre que possível.
Somos otários por ver nosso dinheiro indo embora através de impostos que deveriam ajudar em se ter  um atendimento na saúde decente, uma educação que forme pessoas de bem e que a escola não sirva de ringue para luta onde o medo prevalece entre as pessoas que ali estão.
Somos otários quando acreditamos na justiça e ela não vem para nós. De vítimas nos tornamos de repente em acusados. Mas temos que acreditar nela mesmo que às vezes ela não se desenrole do jeito que queremos.
Somos otários por acreditar que certas pessoas escolhidas por nós trabalhariam para o nosso bem estar, seja eleita ou não, não importa de uma forma ou de outra acabamos nos decepcionando.
Mas eu não quero mais isso!
Quero viver em um país com pessoas justas e que através de suas condutas possam fazer o país  melhorar de verdade. Não para servir de palco para quem aqui nem mora e que se aproveita deste povo que ainda acredita no bem.
As pessoas ´podem mudar e elas são capazes de transformar qualquer coisa ou pessoa ao seu redor.
Quero ser como Dom Quixote que via um mundo diferente e que lutava por batalhas que nem ao menos existiam de verdade, mas ele lutava, pois era esse o seu ser: lutar sempre contra a injustiça sendo verdadeira ou não.
Então procuro ser uma pessoa melhor, respeitando o meu próximo (mesmo que seja careta), mas é o mais certo a fazer.
Pin It
Atualizado em: Qua 20 Maio 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222