person_outline



search

Tateno

É claro que o contexto e a conotação usada por Carlos ‘Silver’ Ferreira ao dizer que grandes crises geram grandes oportunidades era a de um verdadeiro canalha mas para Mila Cox essa frase contextualizada para um contexto em que milhares de pessoas se beneficiem com mudanças de hábito e com a ciência direcionando as boas intenções e mudaria também a vida de Cox mesmo antes da pandemia e a frase também faria sentido se ela pudesse conseguir algum dinheiro ajudando as pessoas do seu alcance social e que de tão numerosas tornava necessário consciência de outros sobre o qual ela sabia não ter controle sobre as ações e por isso e para lidar com isso quando em isolamento social completo Cox via o quão bom seria aproveitar o tempo para seu processo criativo em música pois era algo para o qual a quarentena seria a desculpa perfeita pois ela sabia não só lidar com solidão como aproveitá-la de forma prazerosa e não sabia denominar o adjetivo que para ela definisse com exatidão o que sentia e pensava de ditos e autodenominados artistas que apareciam na televisão e na web desesperados com o confinamento alegando os fatores mais estapafúrdios sem mencionar em momento algum como verdadeiro motivo o doloroso prejuízo financeiro pela realização de shows plastificados de tão artificiais artisticamente e essa gente para Cox nunca nunca nunca tinha sequer ouvido falar das bandas galesas clássicas no cancioneiro indie e lembrou-se disso por que achava que no País de Gales conheceu gente mais doida do que em nenhum outro lugar e a isso ela atribui a alta qualidade da música local em qualquer gênero e época e esses artistas de músicas ruim do mainstream não aproveitariam o tempo para criar músicas legais e agora que os invisíveis miseráveis da fome se tornaram visíveis apenas como potenciais transmissores de vírus e principalmente a classe média vê seu tóba na mira então o desespero é amplificado e os governos tratam como sigilosas informações de interesse público e sua tia Sandra Cox passou a entender porque a sobrinha sempre atribuiu o otimismo à falta de informação e assim era porque Mila sabia que com um pouco de agilidade mental e algumas leituras de segunda mão conseguiria provas daquilo em que queria acreditar e ali não cabia recompensa aos que previam o pior muito antes da pandemia e é mais barato para o governo chamar de heróis os profissionais de saúde mortos do que darem a eles condições de trabalho e sempre é tempo de peste quando são os loucos que guiam os cegos e a beleza colorida da poluição no céu tem no contorno da janela o limite da capacidade humana para criar e destruir de acordo com seus caprichos.

Pin It
Atualizado em: Ter 21 Abr 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222