person_outline



search

Súmula

Zimi sabia que o simples ato de viver produz dívida mas no rolê sempre andava com crachá e drink na mão e dizia ser retrô sem ser pastiche e agora que havia abandonado a banda Crop Circles por considerar que os outros integrantes eram um bêbado e um bandido e um charlatão agora focava na produção de eventos e se dizia perito no  assunto porque quando esteve na banda enfrentava uma produção precária em todos os shows e agora queria doar seu tempo para que houvessem eventos dignos de serem divulgados e na banda apesar de tudo o consideravam politizado sem ser panfletário mas ali qualquer elogio acabava virando um estigma e dentro e fora da espera artística via crápulas regendo o senso comum e como não via maneira de mudar isso aproveitou o quanto pôde sua aura de alternativo embora sonhasse com o rock novamente no mainstream para que através da música esses crápulas fossem varridos definitivamente e caso montasse uma banda novamente seria pré-requisito que todos os integrantes tivessem o nome sujo no Serasa para que essa angústia refletisse num tipo de música em que o sentimento de angústia fosse sincero pois no ramo da produção de shows via artistas que faziam o show olhando para o relógio esperando que a apresentação acabasse logo para que fossem para o camarim cheirar cocaína e tomar uísque justo numa época em que reduzira seus excessos químicos por desgosto com a conjuntura e se considerou amadurecido quando seus problemas amorosos sumiram submersos em suas preocupações com a situação financeira e seus interesses espirituais agora tinham foco no equilíbrio entre sofrimento e alegria e já sonhou com o dia seguinte na Terra após sua morte a no sonho um letreiro subia em silêncio em milhões de televisores no mundo com uma breve biografia sua que incluía uma volta dos Crop Circles tendo seu ápice com a gravação de um disco ao vivo no Budokan e ainda no sonho morreu com a benção de nunca ter se tornado um meme constrangedor e depois do sonho e novamente padecendo no purgatório continuou recebendo boletos que o faziam ter inveja dos que morreram e desenvolveu certa fobia de predadores imaginários na iminência de matá-lo numa emboscada antes que algo ainda pior acontecesse com ele em vida e outro sonho recorrente era o da fila de galinhas vivas que à sua frente entravam numa máquina e pelo outro lado saím embaladas sobre uma esteira rolante em forma de nuggets e novamente acordado sentia algo entre a alegria de não ter detratores e a preocupação disso ser sinônimo de irrelevância e antes de dormir novamente no que deveria ser período de paz e descanso reflete sobre como os governos e os senhores do capital tratam o povo como lixo e sobre como esses abutres deveriam cair.
Pin It
Atualizado em: Qui 27 Fev 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222