person_outline



search

Outubro

Viveu o suficiente para aprender que na escola a lição vem antes da prova a ser aplicada enquanto na vida vem primeiro a prova e depois o aprendizado da lição e com a realidade parecendo impossível de ser vivida prefere acreditar no que se convencionou chamar de utopia e mesmo jovem era vivida para não se surpreender com a estupidez humana que não conta com o fato de a humanidade não ser o centro do cosmos e muito menos esta entende que aquilo que agora está vivo é apenas uma rara variedade daquilo que está morto e ao término da faculdade com vinte e dois anos e temporariamente em reclusão agressivamente misantrópica concluiu um processo criativo que teve origem na infância quando achava que ter um livro ou um disco com seu nome na capa era o que de mais importante poderia deixar para a posteridade mesmo que poucos leiam o livro ou ouçam o disco e então de forma independente gravou no rancho sem nome seu disco praticamente sozinha tendo escrito letras recrutando o baterista Zimi apenas porque o formato de duo lhe parecia atraente e tendo em sua retórica respaldo ético antes mesmo do respaldo legal pregava nas oito canções do disco a ideia de que a ausência de restrições não é sinônimo de liberdade pois naquele momento só pensava em liberdade como a possibilidade de vender seu trabalho por demanda e assim poderia ver o fato de quase ninguém se importar como uma vantagem pois além de tudo uma razão válida não exige recompensa mas louco mesmo foi descobrir que durante o processo de gravação a companhia de Ziimi para partidas de Genius a inspirava musicalmente e a burrice de Zimi que era incapaz de deixar o café pronto antes que ela acordasse não a deixava esquecer das razões pelas quais estava gravando seu manifesto musical que tinha ruídos semipalatáveis com o som de seu baixo e de um teclado de brinquedo que achou jogado no lixo na escada do prédio de sua avó e letras com as piadas prontas que o governo entrega junto com o pastor que promete riqueza e um lugar no céu e tudo preenchido pela bateria econômica e naquele caso eficiente de Zimi que também desenhou os dois na capa em meio a um campo de trigo.

Pin It
Atualizado em: Dom 2 Fev 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222