person_outline



search

A bituca na cerveja

O sistema caiu enquanto estava na fila do mercado quando chegou a sua vez de pagar e uma música ambiente em que um robô cantava sobre uma base eletrônica mal programada o fazia pensar como seria incrível viver em estado inorgânico sem necessidades alimentares e sem dores ou doenças e de modo etéreo e impoluto e sem castigos ou recompensas ser metade velho e metade criança mas ali estava ele sabendo que aquilo que gostava no mundo material estava estagnado ou decadente e sabendo que os prazeres terrenos demandam tempo se sentia ainda mais desgostoso com o tempo desperdiçado ali e aparentemente sendo o único descontente e fora da bolha do ágrafo mundo das selfies ainda assim sabia que a verdade não é antitecnológica mas só pode ser alcançada por meio da tecnologia com seu uso coerente e se sabia que estamos aqui para morrer sabia melhor que antes disso é preciso viver e no limite mais baixo do entendimento também sabia que se estava naquela fila tinha muita culpa que o distraía de diálogos sumamente escatológicos ao redor mas o mostrava incompetente como gestor de sua trajetória.

Pin It
Atualizado em: Qui 24 Out 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222