person_outline



search

Alvoroço Em Meu Coração

Olhava para dentro de mim. Tudo era deserto. Uma solidão que não tinha remédio. Onde foi que me perdi de mim mesma e do mundo? 
Tentava me enganar que era feliz, tentava me convencer que não precisava de ninguém.
Mas dentro de mim a liberdade aprisionada gritava alto e arranhava minhas entranhas.
A solidão machucava minha alma a cada momento, seja em casa, na rua, no trabalho, em família.
Onde quer que eu estivesse, estava sempre distante.
 
Sempre fui uma pessoa solitária, tímida, com dificuldades de me aproximar das pessoas. 
Sempre sonhei muito mais que realizei. Em minhas fantasias eu voava alto e realizava grandes feitos, mas na vida real eu estava travada e acorrentada.
Sempre fui inteligente e me saia bem na escola e depois no trabalho.
Como uma mulher bonita, sempre atraia os olhares  dos rapazes. Mas não namorava. 
Já estava com quase trinta anos e minha vida era uma mesmice sem fim.
Sempre sentia necessidade de me sentir segura e não tinha coragem de me arriscar. 
Fingia pra mim mesma que era isso que me agradava. Ficar parada. Segura em um emprego, segura em uma casa, segura sozinha.
No entanto minha alma gemia e meu coração sangrava de insatisfação.
 
Numa das poucas viagens que fiz para uma linda praia, conheci um homem. Ele tinha cerca de quarenta anos. Era bonito, lindos olhos castanhos e enigmáticos e um sorriso encantador. 
Eu me apaixonei logo de cara. Nunca havia me acontecido isso.
Ele falava de coisas que eu não conhecia. Era inteligente, descolado, vivido, tinha sempre uma resposta pra tudo.
Ele questionava e não entendia as minhas inseguranças e dúvidas.  Dizia que a vida é pra ser vivida e que arriscar é preciso.
Começamos nosso caso ali naquela praia e fomos além. 
Ele foi minando todas as minha inseguranças. Com ele eu aprendi que a gente pode tudo, desde que seja com responsabilidade. Que a gente não precisa ficar se guardando e se furtando a viver todos os prazeres da vida, desde que de modo responsável.
E ele me ensinou todos os prazeres da carne e da alma. Nós nos entregávamos totalmente. Sem pudor, sem reservas e em seus braços eu conheci o êxtase, o prazer sem limites.
Foi com ele que eu aprendi a viver, a crescer, a conhecer o mundo, os prazeres, os talentos, os dons. 
Sempre encontrávamos um modo de estar juntos mesmo morando em lugares diferentes porque ele me ensinou  que não existe distância para quem quer estar junto.
Fizemos várias viagens que eu nem sequer imaginava que um dia faria.
E com ele eu vivi uma viagem  aventura que jamais pensei fazer. Eu que vivia em  meu mundo. Sempre medrosa e acomodada e que sempre queria conforto e segurança e temia as aventuras.
Fizemos uma viagem como mochileiros pelos países andinos. Foi uma grande barreira que venci. Fui sem medo, sem pensar no que encontraria pela frente. Passamos por dificuldades  que consegui vencer sem pânico. Foi a aventura mais fantástica que vivi.
 
Há seis anos eu estava vivendo este sonho encantado com ele. Mas ao mesmo tempo era um choque de realidade e vida. Vida plena que eu jamais sonhei viver.
Mas chegou o dia do pássaro livre alçar voo. E ele se foi de mim. Ele foi viver outras aventuras, foi procurar outros ninhos e conhecer outras paragens.
E eu que nunca havia amado ninguém como eu o amava, desabei, fiquei sem chão. Por muitos meses eu fiquei deprimida, voltei para a minha solidão, insatisfação, vida sem graça e sem sentido. 
Uma noite eu estava completamente largada, letárgica, sem vontade de nada. Quando consegui dormir tive um pesadelo em que eu me via totalmente privada de movimentos e de sentidos. Eu me desesperava e tentava ter minha vida de volta. Acordei assustada. Por muitos dias eu fiquei pensando naquele pesadelo e em tudo que aprendi com aquele homem. 
 
As decisões foram se encaixando em minha mente. Meus pensamentos foram clareando. Não dava mais pra ficar naquela vida sem sentido. Não depois de aprender a viver.
Eu entendi que não adiantava ficar ali sofrendo por ele. Ele seguiu seu rumo e eu precisava encontrar o meu. 
Comecei a organizar minha vida e encontrar um trabalho que me desse mais flexibilidade. Comecei a seguir o meu coração, seguir todos os bons conselhos que ele me deu. 
Mudei minha vida. 
Sei que nunca mais vou me furtar a viver plenamente, nunca mais vou fugir do amor, das alegrias e das oportunidades que a vida me oferecer. 
A vida é uma oportunidade única. E eu mereço tudo que ela me oferecer.
E eu sentia uma grande alegria em minha alma.
E eu sentia alvoroço em meu coração…

 

Pin It
Atualizado em: Seg 11 Abr 2022

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222