person_outline



search

Sopro de Vida

-Quanto você acha que pode aguentar?
-Não sei. Queria morrer.
-E de que lhe serviria morrer?
-Na morte não há dor, não há sofrimento, não tem mais pensamentos e nem lágrimas para chorar.
-De onde vem esta certeza? Você já morreu alguma vez?
-Não. Mas sei que todas as dores físicas e espirituais cessam quando se morre.
-Se você nunca morreu não pode ter certeza disto.
-Não pode ter nada pior que esta vida.
-Muitas pessoas pensam que não pode ter nada melhor que esta vida.
-Quer me aborrecer? Esfregando em minha cara que eu sou fraca e que nem viver eu sei? Quer me deixar pior do que eu já estou?
-Não. Não quero nada. Apenas estar aqui com você. 
-Quero morrer sem dor. Quem se importa com isto?
-Quero viver sem dor. Você se importa com isto? 
-Vidas importam? Alguém se importa? 
-Eu me importo. Com a minha e com a sua vida.
-A dor grita tanto aqui em mim, grita tanto em cada um, grita tanto em cada solidão que ninguém percebe a dor do outro.
-E de onde você tirou a idéia que vida se resume em sofrimento físico ou espiritual?
-Na minha própria vida.
-Já experimentou olhar para vida de outra maneira?
-A vida oprime, a solidão oprime.
-Em que sentido a vida lhe oprime?
-Nasci pra sofrer e não quero mais viver assim.
-E quem lhe disse que você nasceu pra sofrer?
-Ninguém me disse.
-Se ninguém lhe disse, como você sabe? Já pensou na possibilidade de você ter nascido pra ser feliz e se perdeu pelo caminho?
-E se me perdi pelo caminho não é a mesma coisa?
-Não. Se alguém nasceu predestinado a sofrer todos os dias de sua vida, não tem recurso. Mas se você nasceu pra ser feliz e se perdeu pelo caminho, você pode achar o caminho de volta até a felicidade. Quer que eu lhe ajude?
-E como vou saber se nasci pra ser feliz e me perdi?
-Vou lhe contar um segredo. Eu acho que toda pessoa nasce pra ser feliz. E algumas se perdem.
-Algumas? Olhe em volta e veja quanto sofrimento existe no mundo. E você diz algumas se perderam?
-Eu vejo tanta felicidade no mundo. Vejo tantas pessoas de bom coração. Vejo tantas pessoas dando uma rasteira nas dores e seguindo em frente e ainda ajudando outras em suas vidas. Isto lhe parece pouco?
-O ser humano é ingrato. Sempre machuca quem lhe ajudou.
-Você pensa em me machucar?
-Por que me pergunta isto?
-Por que eu estou aqui para lhe ajudar a passar por esta fase.
-Claro que não penso em lhe machucar.
-Então não é sempre que uma pessoa machuca quem lhe ajudou.
-Não pedi sua ajuda.
-Mas eu estou oferecendo. E sem pedir nada em troca. A minha recompensa será o seu sorriso e sua alegria.
-E como pensa que pode me ajudar?
-Ficando aqui até que você se sinta melhor.
-Isto não é o suficiente. Pensa que se ficar ai olhando pra mim eu vou me sentir melhor?
-Não tenho certeza disto mas no momento é tudo o que eu posso fazer. Posso lhe dar a minha companhia e o meu tempo. E lhe ouvir se quiser conversar.
-Você é tão tolo que até sinto vontade de rir.
-Viu. Você já está se sentindo melhor. 
-Você não entende o que eu digo? 
-Sim. Que está gostando tanto de minha companhia que já sente até vontade de rir.
-Você é assim mesmo ou está de brincadeira comigo?
-Brincar de viver feliz é bom. Vamos brincar? 
-Desisto de você.
-Mas eu não vou desistir de você. 
-Está bem. Você fica aqui comigo até eu morrer? Acho que assim não vou sentir medo.
-Não prometo ficar a até você morrer. Mas prometo ficar até você se sentir melhor.
-Não quero me sentir melhor, quero morrer.
-Pensa em tudo que você vai perder se você insistir em morrer. Quanto por do sol lindo você vai deixar de ver. Quantos dias você não vai ver chegar. Quantas pessoas maravilhosas você vai deixar de conhecer. Quantos amores você vai deixar de viver.
-Nunca vivi um amor.
-E quem lhe garante que o seu grande amor não está ali na próxima esquina? Quem lhe garante que o seu próximo trabalho não será o melhor de todos? Quem lhe garante que eu não vou ser o seu melhor amigo e que a gente ainda não vai viver as melhores aventuras, fazer as melhores viagens e dar as melhores festas juntos?
-E acha que só porque pode ser que aconteça eu devo esperar?
-E por que não? E enquanto espera a gente olha a vida numa lente mais positiva, mais colorida e esquece as dores do mundo.
-Acha que é simples assim?
-Sim. Eu não acho, eu tenho certeza.
-Você é tão insistente que eu chego a pensar que você tem razão.
-Eu tenho razão. Pode ter certeza. Já encontrei pessoas muito mais infelizes que você.
-E o que aconteceu com elas?
-Elas voltaram a amar a vida, a ter alegria, a sentir vontade de viver.
-E como se deu isto?
-Apenas acreditando que nasceram pra uma vida boa e feliz e que não iam aceitar menos que isto.
-Parece tão fácil pra você?
-Sim. É tão fácil que basta querer.
-Ah! Vai me dizer que basta eu querer e de uma hora pra outra uma fada vai bater com o condão mágico em mim e tudo vai mudar?
-Tenho certeza. Não como num conto de fadas, mas a partir de você mesma. A cada dia mudando a sua vida.
-E você vai ficar comigo até que isto aconteça?
-Vou. Se não puder estar presente vou estar em pensamento. Isto não é suficiente para você?
-E se eu tiver uma recaída?
-Você me chama que eu venho em um instante.
-Gostaria de ter esta sua autoconfiança.
-Se quiser eu lhe dou um pouco.
-Acha fácil assim?
-Pode não ser fácil. Mas  é possível e se você quiser você pode conseguir.
-Mas eu não sei como mudar. Como vou aprender a ser feliz?
-Olha o novo dia que vem nascendo. Olha como ele está lindo. É um novo dia. Todinho pra você fazer dele algo de novo, algo de bom, algo de positivo. Agarre o seu dia e voe alto com ele. Você pode voar. Acredite em mim.
-Ei, venha cá. Volte…
Eu acordei. O dia amanhecia. Olhei pela fresta da janela e o dia parecia estar lindo. 
Depois de muito tempo eu sorria para o dia. Naquele momento algo se moveu em mim. Pode não ser fácil mas é possível e eu quero, eu vou conseguir…

 

Pin It
Atualizado em: Seg 30 Ago 2021

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222