person_outline



search

As borboletas nos guiam

Sinopse:
O que será que acontece quando uma deusa nórdica se cansa de seus afazeres?Isso mesmo!Férias junto com os mortais. Freya tinha a capacidade de manipular os desejos e a fortuna das pessoas,deusa do amor e também era considerada como a governante do reino da vida após a morte, Folkvang. E agora vivendo como uma mortal terá que enfrentar os desafios como tal. Por quanto tempo Odin suportará esse ato de rebeldia?
Notas do Autor
OIIIII MEUS AMORINHOS !!!! TURU POM ? ESSA É MINHA PRIMEIRA FIC AQUI E EU ESPERO QUE VOCÊS GOSTEM . ESTOU BEM ANIMADA MAS ATERRORIZADA POR NÃO SABER SE GOSTARÃO OU NÃO >-<. ESPERO QUE SE DIVIRTAM COM MEU DEVANEIO NÓRDICO KKKK
BEIJOS E A LUZ DE ODIN SOBRE VOCÊS <3
ATENCIOSAMENTE,
MARY SAMPAIO


Capítulo 1 - Préfacio : Mudança para Asgard

Eu e meu irmão gêmeo Frey fomos concebidos da união de Skadi ( Deusa do gelo ) e Njord ( Deus Vanir dos Mares). A união dos dois não durou muito pois meu pai não adaptava-se a vida nas montanhas e tão pouco minha mãe a vida nas costas oceânicas, então após a separação dos dois ficamos em Vanaheim com papai. Afim de manter um acordo de paz fizemos uma troca com os deuses aesires Mimir e Honir e deixamos o reino Vanir para morarmos em Asgard. Meu irmão logo casou-se com a gigante Gerda . Eu casei-me também com o deus Odur responsável por guiar a carruagem do dia, que anda pelos céus, mas há muito não retorna para casa. Cansei-me de espera-lo , então concentro-me em administrar meu palácio Sessruminir apenas. Aqui em Folkvang está se tornando monotôno demais . Apesar de ser divertido quando novos guerreiros chegam aqui. Como líder das Valquírias tenho direito de reclamar metade das almas dos bravos guerreiros mortos em batalha . Onde aqui repousarão e aguardarão o Ragnarok.
Cada dia no palácio me parece igual . As vezes gosto de observar os humanos daqui, apesar de muitas vezes não concordar com as atitudes deles, criaturas extremamente fúteis . Me pego pensando em uma vida humana , em como eu poderia fazer diferente estando lá. Em que tipo de aventuras me envolveria .Ontem maquinei um plano para sair daqui. Obviamente Odin não permitiria que eu abandonasse Folkvang, então começei a fabricar uma poção para dar a Brunhilde (uma das minhas Valquírias ) minha aparência. Seria por apenas uma semana e sei que tudo ficará bem . Amanhã ao nascer da aurora estarei indo ao mundo dos mortais.
Pin It
Atualizado em: Qui 5 Mar 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222