person_outline



search

Os Pit Boys

Ate´onde vai a fúria de um homem?
Ate´onde ,os outros suportam...
Tendo partido ainda jovem do reino,poucos lhe guardavam as feiçoes,e os habitos,pareciam reservados como os de sua comitiva.
Assim surgiu o principe Igor em nossas vidas,apos anos de estudo no exterior,para assumir o trono do pai,falecido.
Deste,todos conheciam a vida dissoluta,so´ocupado em dilapidar a infindavel fortuna da coroa,sem ligar para o povo,que sofria a miseria,mas gozava a anarquia.,despreocupados das leis e sem ambiçoes.
Do visitante,nada sabiam para se alarmar,pois os criados que levara,com ele permaneceram e nao chegavam noticias de sua pessoa,de tao longe.
O quadro era estarrecedor,no palacio ou na rua,e nem se imaginava qual seria sua reaçao,ao pisar naquela Sodoma.
Mas as duvidas se dissiparam,assim que uma carruagem sinistra,de um negro metalico,parou diante de uma ladeira,onde um pai descia de moto,pondo o filho a guiar,sem cinto:
-Esta e´ a lei de transito que temos?
a voz do principe se fez ouvir,e logo todos os olhos se fixaram em seu traje brilhante,e o brasao inconfundivel da nobreza.
-Acho que seu filho precisa de outra escola!
com um gesto,tirou o menino da moto,arrancando os freios,num puxar
-Pronto,agora pode descer!
o homem,espantado com seu ato,tentou sensibiliza-lo,juntando as maos:
-Mas senhor,a colina e´ muito ingreme!vai terminar na curva da morte...
-Viste o perigo que ofereceu ao seu filho?
deu um chute que o atirou no despenhadeiro,e ficou a mirar com um sorriso maligno,se dirigindo por fim aos lacaios:
-Que este orfao seja criado pelo exercito!
se tem mae,coloquem-na a trabalahr de meretriz...
o governo agora e´ o pai de todas as crianças,e quem lhes der maus exemplos,sera´ punido!
ordenou ao povo,que assistia a tudo livido,vendo a carruagem cor de carvao se afastar,levando aquele homem impressionante,alto,de olhos fixos,cuja voz parecia vir das nuvens.
Ja´ no palacio,onde nao se cumpriam regras ha´ anos,mtal dureza causou pavor,dos paxas ao harem,onde as mulheres temiam ter de deitar com criatura tao cruel.
Porem Igor mal tocou nas esposas do pai,que eram por direito suas,e cortou prazeres de toda a corte,que passou a comer so´ o que a horta real produzia,ou seja:nada!
Para nao morrer de fome,muitos nobres venderam suas joias,pois ninguem ousava reclamar com o monarca.
Esperavam que se apaixonasse por uma moça do reino,que amoleceria seu coraçao,fechado desde a morte da mae.
Mas, para esvaziar as prisoes,que estavam cheias de vadios,que viviam do erario publico,o rei decidiu matar todos os detidos,o que fez com as proprias maos,exibindo as execuçoes,para sercvir de exemplo!
Um reino,governado por tal monstro,passou a ser respewitado ate´ por potencias vizinhas,que ofereceram presentes ao rei de Xicungulia.
E como nao recebiam um obrigado,enviaram entao seus fascinoras,que Igor satisfeito,executou com deleite!
Nao demonstrava interesse por nada,fosse uma odalisca,ou um manjar,e embora justo,nao conquistava a simpatia de seu povo.
Os pobres progrediam,sem temer bandidos e sustentar os parasitas da corte,mas ninguem lhe demonstrava afeto,so´ temor,mesmo sentiam saudade de seu pai,que beberrao e mulherengo,parecia mais humano.
Apelidavam-no de pit bull,sempre a impor ordem,e quando os casos mais graves se resolveram,passou a implicar com coisas absurdas,fosse uma cantora que desafinou na opera,ou colegiais,que escreviam provas com erros.
Tudo era motivo para enviar alguem para as minas,onde viviam esquecidos dos parentes,as vezes por toda a vida.
As pessoas começaram a se saturar deste terrorista,que nao cometia um equivoco,e nao dava brecha para ser destronado!
Sua guarda de janizaros,era fiel,logo um golpe estava fora de questao,e mesmo uma invasao estrangeira,pois todos os exercitos temiam o rei virgem e guerreiro!
Esperavam um fato que viesse alterar tal ordem,quando um grupo de jovens,filhos do camerlengo,ganharam a fama de"pit boys"pelas vitimas de seus atos,fossem moças que recebiam cantadas,ou aleijados a quem filmavam e debochavam.
Sentiam no direito de quebrar vidraças, roubar feirantes,apelidar os feios e gordos,sem se preocupar com as consequençias.
Nao iam alem disso,ate´ se depararem com um mendigo,pobre alienado que vagava pelas ruas,revirando as lixeiras,e que os valentoes pegaram de vitima:
-Nao viu o que fez imbecil?
-vai recolher com a lingua este lixo!
e quando o infeliz começava a cumprir a ordem,uma carruagem negra parou na esquina,descendo um homem que fez todos se paralizarem.
-Este homem precisa de um medico,e voçes lhe dao este remedio!
a frase cortou o ar,pesada como uma sentença
-So´ queriamos lhe dar um susto,majestade!
para que beba menos,nao ande tropeçando...
-O susto voçe pode deixar comigo!
Igor mirou o rapaz,que congelou
-Recolham este infeliz a um asilo!
ja´ os covardes,crucifiquem-nos e esfreguem sal nas chagas,para que sirva de exemplo!
Saiu,com a frieza de um fantasma,deixando aos carrascos o prazer de humilhar os filhinhos de papai,aplicando 50 chibatadas em cada um,antes de os pendurarem a sangrar,no madeeiro:
-Agora e´ so´ os abutres terminarem o serviço!
Os monstros se foram,deixando ate´ o mendigo espantado com sua crueldade.
Mas desta vez,a furia real atingira o alto escalao,e o pai dos jovens,tentou desesperado implorar sua clemençia.
Foi encontra-lo no patio,destruindo os aeromodelos do grao vizir,que era seu unico amigo:
-Como ousa montar estas porcarias?
nao sabe que so´ e´ permitido brincar ate´os 12 anos?
Teve receio de se aproximar daquele ser,e mal começou a falar,ele lhe cortou:
-Nao me fale daqueles vermes!
devia te matar tambem, por nao ter lhes educado!
-Reconheço meu erro,majestade,mas peço uma segunda chance...
Para eu nao me sentir fracassado como pai!
Igor pela primeira vez ficou wem duvida
-Bem,em honra dos serviços que me prestaste,envio-os para as minas!
mas que jamais vejam de novo a luz do sol....
E quem ousar falar novamente deles,morrera´ junto!
-Nao pediria mais,alteza!
O velho conteve o asco,e correu a salvar os filho,revelando com tristeza o seu destino, o que lhes arrancou lagrimas
-Nunca mais o veremos pai?
-Quem sabe nao ha´um milagre?
o infeliz nao quis desiludi-los,porem sabia que seu caso era impossivel...
Muitos anos se passaram,a raiva do rei so´ aumentava, e as minas ficaram superlotadas,e uma revolta começou a se insinuar dentro dos coraçoes.
Havia os casos mais loucos,de velhos que dormiam ao ouvir o discurso do rei,ate´ o tratador,que deixou a tartaruga real morrer!
Logo passaram a ver,que o verdadeiro criminoso era Igor,e planejavam matar o inimigo do povo.
Mas nao surgia a chance,e foi a vida quem se incumbiu do monstro temperamental!
O alvo foi seu coraçao,e quem enfiou a seta,uma linda jovem,Latifa,que virou recepcionista do palacio.
Falava mil linguas com perfeiçao,tinha maos de fada,sedosos cabelo loiros,e desfilava pelos saloes do castelo com seu corpo de ninfa.
O rei,perfeccionista,procurou-lhe o menor defeito,em vao:nada desabonava a donzela!timida ,trabalhadora,que nao cometia um deslize...
Nas horas vagas,ocupava-se em resgatar bichos decrua,morando so´ e sem receber visitas masculinas.
Buscou entao,maculas em seu passado,porem deste,pouco se sabia,tendo a lolita estudado no exterior,sem ninguem reconhece-la
pelo nome.
Pela primeira vez,o juiz implacavel,era obrigado a admirar algo humano,ter sob seu teto um anjo,capaz de lhe intimidar so´ com sua presença...
Mas para seu desgosto,viu que sua eleita lhe nutria o mais profundo desprezo,e este repudio foi sua perdiçao...
-Por que ela nao me ama?
que defeito pode ver em mim?
perguntou ao grao-vizir,que desconversou
-Ela chegou ao reino agora,ainda nao teve tempo de conhecer suas virtudes,majestade!
-Sim,voce deve ter razao!
e para atrair a atençao do objeto amado,fez leis que protegiam os aniamais,mandando cozinhar vivo,um açougueiro que tacava oleo nos caes de rua!
Ela contudo,seguia se constrangendo com sua presença,buscando evitar cruzar com o infeliz,que perdeu ate´ o gosto de matar e adoeçeu.
Preocupado com sua situaçao,o vizir explicou o caso a jovem,que a contragosto aceitou desposar o monarca,desde que este atendesse a um pedido seu,sem poder recusar.
Renascido com tal noticia,Igor nem se preocupou com a exigençia,e apressou os preparativos do casorio!
nunca o reino viu tal festa,e a alegria voltou a contagiar o povo,vendo seu verdugo transformado.
-O que esta fada fez para seduzi-o?
as moça do harem,perguntavam com inveja
-Qual sera´ o pedido quevela fara´?
os homens ja´ imaginavam as bizarrices:levar seus bichos para o palacio,ter um vestido novo por dia...
Ja´ estavam no altar fazendo os votos,quando Latifa enfim revelou seu segredo:
-Antes de ser tua,te imponho uma condiçao:
sou irma daqueles jovens que aprisionaste nas minas,lembra?
quero que os liberte e todos os presos do pais,esta e´ o meu pedido...
Igor sentiu o sangue ferver,e teve ganas de esganar a traidora ali mesmo
"Justo irmazinha daqueles patifes!"
Prometera matar quem os mencionasse,e se voltasse atras,perderia a moral,mas ao ver tanta bondade e pureza em seu rosto,aplacou enfim o coraçao.
-Que seja pois feita a sua vontade!
Libertou os infelizes,que ainda viveram para substituir o pai falecido,e ver o palacio se encher de filhos e as ruas do reino de alegria e paz...
Fim
Pin It
Atualizado em: Qui 21 Jul 2016

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222