person_outline



search

Secura

As gentes andam liofilizadas,

ou desidratadas, como quiser.

O cantil contém poucas gotas,

mal dão para o bem-me-quer.


A seca tornou-se generalizada;

atinge mentes e pensamentos.

Brota pouco na aridez do nada:

dá para adubo de excrementos.


Essa secura é tão imbecilizante

que o banal se torna relevante

e o que importa é insignificante.


Tempos sombrios, os de secura;

alcança a razão, toma-a, perdura;

subverte afetos como na ditadura.  

Pin It
Atualizado em: Qua 17 Abr 2024

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br