person_outline



search

O galope da vida

Vou galopando na vida
O meu barco eu vou remando
Pedindo a concebida
Pra ela vir me auxiliando

Vou voando sem parar
Atraz de novo horizonte
Até um dia eu pousar
Onde a paz é dominante

Sou um trem que não tem trilho
Sou um pai com mais de um filho
Sou um rei sem ter raínha

Sou um ente abandonado
Faltando alguém ao meu lado
Pra felicidade minha
Pin It
Atualizado em: Seg 21 Jan 2008

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222