person_outline



search

O amor na filosofia!

     Amar é a essência do ser humano. Penso que Descartes devia ter dito "Amo, logo existo!!" Porque penso...,neste caso ele se faz ser um pensamento, e pensar é uma função do amor em si, do amor que ele é,portanto ele devia ir mais longe. Se René afirma que pensa,logo existe, essa negação dele da existência fora dele,é na verdade um afirmação categórica cartesiana, porque, o que faz René pensar? Tudo o que existe fora dele! A sua função de pensar existe nele,mas, o que o faz pensar está fora. Ele só pode pensar em uma mulher, ou em um passaro, se ele admitir que eles existem fora dele,ou seja, a sua negação é na verdade uma afirmação, e ele devia ter dito" Eu penso, logo existo e tudo existe,porque o meu pensar exige tais existências!" Mas, acontece, que se ele for mais longe, como... o que me faz pensar? Quem controla o que penso? De onde me vem os pensamentos? Ele descobre que a função de pensar é dele, está nele,mas, aquilo em que ele pensa lhe veio de fora, ou seja, as suas percepções e seus sentidos lhe fazem pensar, estão formando seus pensamentos. O símbolo que ele usa para pensar é uma língua humana, uma linguagem humana,é símbolo!! Ou seja, tudo dentro de René é simbólico, e ele deve compreender os símbolos, a linguagem por exemplo se torna para ele tão comum, que ele nem se lembra que tbm é um símbolo, que toda linguagem é simbólica, que seus pensamentos são simbólicos,que tudo se utiliza de símbolos, e assim, Descartes descobre a psicanálise! Então ele vai mais fundo, René pensa e analisa, eu tenho vontade! Eu tenho emoções! Eu tenho pensamentos!  Eu existo! René percebe que tudo isso lhe vem do mesmo lugar, que algo nele está formando esses dados e essas habilidades, e René descobre que é um ser sensível, ele descobre a SENSIBILIDADE! E ela, a sensibilidade é o que dentro dele forma as suas habilidades de pensar, desejar, amar, sofrer, querer,sentir!  Mas, ele ainda não está satisfeito, o que há na sensibilidade? De onde veio? Obviamente que o que é sensível, o mais sensível, É O AMOR! O amor dele,nele é o que ele é na sua mais profunda essência! Isso fica claro para ele, e ele pode afirmar, EU AMO
Pin It
Atualizado em: Qua 27 Abr 2011

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222