person_outline



search

Inteligência Emocional

 Em Um Mercado de Trabalho Competitivo, os Mais Inteligentes Levam Vantagem? O Que Faz Uma Pessoa Ter Sucesso? O Que é Inteligência Emocional?

 

Estudiosos do comportamento humano há décadas vêm discutindo a relação existente entre o sucesso profissional de uma pessoa e a sua própria inteligência cognitiva (pode ser medida, através do Quoeficiente de Inteligência - QI). Dessa forma, esses especialistas publicaram uma pesquisa onde alguns fatos sobre a inteligência humana são surpreendentes:

  • Um determinado físico nuclear de renome internacional era capaz de resolver equações incrivelmente elaboradas e, no entanto, essa mesma pessoa não era capaz de somar 126 mais 53 de cabeça.
  • Certo pintor de telas famosas não era capaz de amarrar os próprios sapatos e, muito menos, dar um nó em sua própria gravata sem o auxílio de outra pessoa.
  • Determinado engenheiro civil que constrói viadutos, pontes e estradas não era capaz de armar sua própria barraca de camping, em tempo hábil.

Dentre outras conclusões, a pesquisa demonstrou que essas pessoas não podiam ser consideradas “burras”, pois elas eram extremamente habilitadas em outras ciências e muitas áreas do conhecimento humano.

Ao final da pesquisa constatou-se existirem vários tipos de inteligência, além da própria inteligência cognitiva e, em função disso, percebeu-se a necessidade de as organizações adotarem abordagens mais competentes a fim de mexer com o ponto mais sensível das empresas. Ou seja, a mente humana.

Observa-se que tudo isso é um grande desafio vivenciado pelas lideranças empresariais, pois não existem decisões fáceis de serem tomadas ao lidar com pessoas. Na verdade, tudo o que ocorre nas organizações é reflexo das projeções das nossas próprias mentes e, conforme esses estudos, as estruturas mentais se compõem de três (3) campos mentais básicos:

  • O Campo Conceitual: Raciocínio, Verbal, Lógico-Analítico, Cálculo, Classificações, Conceitos, Conhecimentos, Crenças, Valores, Referências.
  • O Campo Intuitivo: Intuição, Sensibilidade, Criatividade, Sabedoria, Afetividade, relacionamentos, Sentimentos, Artes, Música, Humor, Elegância, Fé, captação de Clima.
  • O Campo Operacional: Prática, Planejamento, Ação, Negócios, Ter, Fazer, Eficiência, Organização Pessoal.

Porém, o que mais chamou a atenção dos cientistas comportamentais é que existia um tipo de inteligência que estava presente na maioria das pessoas de sucesso que foram pesquisadas: _ a Inteligência Emocional.

Descobriu-se que somente as habilidades técnicas não eram suficientes para uma pessoa alcançar o sucesso profissional, pois essas habilidades não são suficientes para se exercer liderança nas organizações. E a Inteligência Emocional contribuiria muito mais para as pessoas obterem o sucesso do que apenas a Inteligência Cognitiva.

Mas, qual é o perfil de uma pessoa emocionalmente equilibrada? A pesquisa descobriu que as pessoas possuidoras de Inteligência Emocional são aquelas que gostam de assumir riscos calculados, que pensam positivamente e têm coragem de errar.

Além disso, as pessoas com Inteligência Emocional são pessoas transparentes, seguras de si e que se comprometem com os resultados empresariais. São pessoas que têm orgulho da profissão que exercem, tomam decisões rapidamente e não têm medo do que os outros pensem a seu respeito.

As pessoas emocionalmente equilibradas participam da comunidade onde vivem, ajudando os outros no trabalho e compartilhando seus conhecimentos. Elas sabem ouvir os outros, são bons comunicadores e não se furtam a aconselhar os mais carentes de informações. É uma pessoa ética, que tem o domínio de si própria e sempre age com entusiasmo.  

Pin It
Atualizado em: Qui 24 Mar 2011

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222