person_outline



search

E a saudade continua

A gente não escolhe a hora em que a saudade aparece
Aquele momento em que ela vem de fininho e você sente aquele apertar no fundo do peito
Pode ser que aconteça ouvindo uma música
Ao olhar uma paisagem
Assistindo um filme
Comigo foi enquanto eu lia um texto, um muito especial
Escrito por ele
E foi como se ele estivesse ao meu lado, recitando as palavras baixinho no meu ouvido
Eu ouvia a voz dele com tanta clareza, tão límpida que chegava a assustar
E eu senti
Senti muito
O meu peito afundou, a minha vista está tão embaçada agora mas eu continuo escrevendo
Eu escrevo porque acho que assim eu posso sentir um pouco de alívio
Acredito que o aperto pode diminuir um pouco, eu espero muito que diminua
Escrevo desejando que a vontade insana de abraçá-lo se vá
Peço apenas uma trégua de alguns minutos para voltar a respirar
 

Pin It
Atualizado em: Qua 17 Jun 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222