person_outline



search

Outro pensamento um tanto imaturo...

Instigante,
Atraente,
Inconsequente,
Irracional...
Esses adjetivos podem ser atribuídos a quem está apaixonado? Ou podem simplesmente não significar nada? Tempos atrás me perguntaram se era possível encontrar um amor com tais características. Constatei-me que não. Quando nos damos a oportunidade de redescobrir, desvendar nossos segredos mais íntimos, somos capazes de conhecer novas e antigas versões de nós mesmos. E com elas vamos percebendo que, o que realmente procuramos, de fato não existe. Longe de mim querer dizer que não é possível achar o "amor de nossas vidas". Mas, e o "amor pra nossa vida"? Já encontrou o seu? O verdadeiro amor para nossa vida, é sem dúvidas, o amor próprio. É preciso amar-se para ser amado. É necessário conhecer a si mesmo para então poder se entregar verdadeiramente. Ainda não achei o amor que de fato pode me despertar dessa profunda e tola confusão. Eis a pergunta... ele existe?
Pin It
Atualizado em: Qui 19 Set 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222