person_outline



search

Carta de Despedida

Adeus a todos, principalmente aos que não se importam. Adeus aos que não lerão, aos que fingiram se importar enquanto ainda havia tempo e aos que acharam que se importavam. Adeus aos que por uma pressão biossociológica se viram obrigados a se importar, vocês não têm mais este fardo agora.

Adeus até mesmo para mim que por pura esperança e ingenuidade fui quem mais se importou. Adeus par ao bom senso que me arremeteu em meia vida para enfim aceitar a triste realidade que a maioria não se importa. Adeus a todos personagens variantes de mim que muitas vezes criei só para que estes pudessem afastar a dura carga de ser eu.

Bem-vinda covardia, que me impede de criar coragem para dizer o definitivo e verdadeiro adeus, que me prende ao sofrimento e que me ajudar a interpretar o sorriso falso de todos os dias. Covardia ó minha fiel companheira como me agradaria lhe dizer adeus, mas estás em mim tão penetrada que de mim já faz parte.
Pin It
Atualizado em: Qua 3 Out 2018

Comentários  

#2 juniosalles 04-10-2018 19:24
Obrigado pelas palavras e pela preocupação, mas fique tranquila que não farei nada errado
#1 gilmalaisa 03-10-2018 22:39
Boa noite, Jovem escritor. Não sei se digo prazer, ou que susto em ler-te!
Por favor! Você não deve estar falando sério, sim?? Se estás...Graças a Deus que você se sinta um covarde por não ter coragem de dizer um adeus definitivo a ninguém. sabe??? Não sei se porque sou poeta e" o poeta é louco" rsrsrs. Eu já me vi muitas vezes com teus sentimentos, mas, no fim eu pensei. Claro que sou importante pra alguém! E olha. Eu sou importante para o ser mais importante do mundo. E esse, é Deus. Se eu não fosse importante para ele, porque teria me criado??Não é mesmo?
cuide-se e felicidades!

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222