person_outline



search

Desejo

É um vendaval. É o medo. É o desejo. É o inesperado. É o pecado. É o real. É você. Sou eu.
Corpos que se cruzam, mas não se encontram. Desejos que surgem, mas não se tornam vivos.
A ansiedade grita na alma, a dor aparece nos olhos. A fúria se une ao desejo profano que domina todo e qualquer pensamento.
É viver em uma contradição, é se encontrar entre o desejo e o sacrifício, a intensidade de uma calamidade que grita e significa esse desconhecido.
O perigo excita, traz à tona desejos selvagens e incontroláveis, mas vem o medo e silencia esse corpo docilizado.
Calar a razão, viver o desejo, a raiva, o profano. Talvez essa seja eu, uma contradição, uma invenção, confusa, com medo, mas repleta de medos intensos e desejos selvagens.
SR
Pin It
Atualizado em: Qua 2 Maio 2018

Comentários  

#1 PauloJose 02-05-2018 18:32
DESEJO MARAVILHOSO...
PARABÉNS.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222