person_outline



search

Uma inconveniente lembrança

Vai ficar ainda por um bom tempo,
nos bastidores da memória,
misturado à vergonha e arrependimentos,
pelo desserviço à nação e a própria alma.
Falo dum tipo de “Déjà vu olfativo”,
toda vez que sentirem o desagradável cheiro,
do arroto de um pós “pão com salame”,
costumeiramente distribuído nessas manifestações,
qual essa do fatídico 24 de Janeiro de 2018;
aqueles ignorantes rebeldes sem-causa,
nas birras, pirraças, chiliques e esperneações,
antidemocraticamente em favor da injustiça,
da manutenção perpetua do mal e do caos.
Sem me ater aos méritos ou deméritos da causa,
falo apenas do inconsequente proposito,
sem noção ou isento de qualquer razão,
na estúpida tentativa de anular,
ou mesmo desqualificar as investigações e o julgamento.
Como se houvesse na terra,
alguém acima de qualquer suspeita, alheio às leis,
e ou ainda, infalivelmente santo e perfeito o suficiente,
pra se martirizar sobre essa pseudo égide popular,
como se precisássemos de um chê, herói de araque.
Pior ainda, pra aqueles que venderam a consciência,
por uns trocados, um passeio à Porto Alegre,
uma camiseta, brindes ou um “furar filas sociais”,
nalguns casos, um jeitinho pra vaga de emprego,
ou ainda um subserviente cabo eleitoral.
Provavelmente esses indigestíveis gases psíquico-moral,
chegarão num pretérito mais que perfeito,
atingindo primeiramente,
a doente, fanática e desinformada linha de frente,
mas igualmente noutro tempo também,
os defensores, aliados, leões de chácara e as carpideiras,
os organizadores e patrocinadores desse inexato fricote,
numa pura e total falta de argumentos, sentido, propósito,
justificativa ou um mínimo de fundamento lógico e racional.
Fica então pra sempre na história desse país,
um dia pra se esquecer, obviamente pra quem puder,
de uma exibição do ridículo, amadoramente circense,
mas confesso, que foi risivelmente hilário ver tudo aquilo,
apesar é claro, de ser sério, triste e trágico.

Jesse Marlon
Pin It
Atualizado em: Qui 25 Jan 2018

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222