person_outline



search

Desejo para uma tarde fria

Preguiça de levantar e andar pela casa nua
De vagar pelos cantos ocos da sala que fora tua
Mais íntima e frequente companheira.
Sei que andas solto
Pulando quadrados
Das calçadas orvalhadas de outros bairros
Numa leve e silente brincadeira.
Quem sabe não voltas a frequentar meus estofados
E as bancadas de mármore da cozinha?
Quem sabe essa calçada não volta a ser a minha?
Pin It
Atualizado em: Seg 21 Set 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222