person_outline



search

Pelo espaço sideral

Ele não é desta galáxia,
definitivamente,
Talvez exista em outra dimensão,
Talvez não
É possível que tenha sido engolido
Por um buraco negro absurdo
Ou seja feito de matéria negra
E eu não possa enxergar
Apesar de estar preenchendo
O espaço que me rodeia
E se for aquela estrela que brilha pra mim de madrugada
É romântico, mas pouco prático
E eu busco o prático
Busco a forma e a matéria
E a união de mundos objetivos e habitáveis
Pin It
Atualizado em: Qui 17 Set 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222