person_outline



search

Teus pés

Os teus pés são conducentes
De um anseio esquisito
Que em meu coração aflito
Virou uma busca ardente 

Quando os tenho em mira
Chego até perder o senso
Os comparo a dois incensos
Numa flor da caxemira

Tenho ânsia em detê-los
Choro  ao não poder vê-los
É algo que me alucina

Eu queria ser de fato
Dos teus pés os dois sapatos
Pra vigiar tua sina!!
Pin It
Atualizado em: Qui 4 Out 2018

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222