person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

Para Além da Margem — da página

Ter sentimento nenhum,
É um abuso para quem
Sedimenta-se no afeto,
Um luxo para os broncos
Que não são afeitos
Nem a um abraço fraterno.
Eu, como moço
“Sentidor” que sou,
Escrevo uma história inteira,
Onde quem não sente
Não tem perdão;
Deixo-o a um “Tab”
De ser jogado
Para além da margem
De sua infecunda,
Página.
Pin It
Atualizado em: Dom 12 Nov 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222