person_outline



search
  • Poesias
  • Postado em

POEMAS, POETAS, POESIAS

Vozes, vozes, vozes...
Há mil, milhares de vozes
Querendo muito dizer, sem nada entender
 
Sussurros, sussurros, sussurros...
Vozes em tom muito baixo
Cochichando a vida alheia, no furo da orelha
 
Gritos, gritos, gritos...
Vozes em tom muito alto
Desespero de um ser irritado, ruído de pirado
 
Vozes, vozes, vozes...
Baixo ou alto
Grave ou agudo
Muito ou pouco
Tudo ou nada
 
Pronunciando inúmeras, inúmeras palavras
 
Palavras, palavras, palavras...
Flechas lançadas pelo arco boca
Erguidas por braços e abraços da imaginação
Benditas por guerreiros denominados Sentimentos
Irradiadas e intensificadas pelas emoções
 
Emoções, emoções, emoções...
Ações e inspirações de um indivíduo
Possuído de sensibilidades em suas metas
Que tem o dom de aprisionar e perpetuar
Um momento de alegria ou tristeza
Nas entrelinhas de uma folha de papel
Suposições de tudo que há na terra ou no céu
Fontes de energia de todos aqueles chamados Poetas
 
Poetas, poetas, poetas...
Homens revolucionários, nacionalistas por natureza
Mobilizados pela arte de transformar o mundo
Seres que vertem sangue. Tocam fundo!
Com suas poderosas espadas esferográficas
Com suas eficientes catapultas de datilografar
Ou na tela de seu radioativo computador
Causando diversas ideias no vazio de algum lugar
Com os mais variados temas
Revelando beleza, despertando Amor
Gritando protestos, dizimando saudades
Seduzindo com os mais lindos poemas 
 
Poemas, poemas, poemas...
Refletido ao coração pela anarquia de uma invasão de pensamentos
Instrumentos inimigos do tempo
Realidade ou mera fantasia
Que viaja nos campos da criatividade
De todos aqueles, ou destes poetas
Que plantam e nem sempre colhem felicidades
Despindo a mentira, encobrindo a verdade
E que fazem da poesia sua única liberdade
Pin It
Atualizado em: Ter 22 Ago 2017
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222