person_outline



search
  • Contos
  • Postado em

O Cativeiro...

Estando os dois a conversar sobre a saudade que sentem um do outro, saudade do passeio que fez um tempo a trás. Onde visitaram algumas igrejas, almoçaram e terminaram  sentados sobre um grama verde. Ele nos braços dela e, ela em seus braços. Ali sentados se olharam e decisões foram tomadas apenas com um olhar.
Surge a idéia de se ver novamente. Ele começa a pesquisar um local para eles se amarem novamente. Ela já se empolga. Marcam o dia e hora de encontro.
Dias antes do encontro já estão ansiosos. Imaginando o prazer que irão sentir, a saudade só aumenta...
Chega o grande dia. Ele acorda cedo. Ela já está de pé. Trocam mensagens. Trocam palavras de carinho... Tudo conspira a favor. Tudo está dentro do programado.
Mas desta vez ele não vai levá-la há um lugar luxuoso, confortável... Hoje ele vai levá-la para um cativeiro...
Ele já a esperar no ponto marcado. Ela chega toda linda, elegante, cheirosa, maquiada... Trocam beijos e um abraço forte... Ela entrega um pequeno pacote. Com trufas. Ela diz o ama...
Ela diz: - Para onde vamos?
Ele: - Só me siga.
Ela fica cheia de excitação com o tom de voz dele. De dominador, macho alfa...
Começam a caminhar pelas ruas e, ao mesmo tempo vão namorando pelo caminho. Conversando, trocando olhares de maldade...
Ela diz: - Trouxe algo para usar na hora. Creio que irá te excitar...
Ele diz:- Também trouxe, e já estou usando...
Ela o para na rua para beijá-lo e com um leve toque aperta seu pau... Pau já duro...
Ele não perde tempo e com as duas mãos aperta sua bunda... Fazendo que sua buceta ficasse esfregando junto ao seu pau...
No caminho ela se lembra de um lugar que ambos já estiveram, mas o local que vão está mais adiante.
Chegam ao local. Ela fica na porta. Ele entra e conversa com o Concierge. Ela fica na calçada um pouco nervosa. O local é estranho, em um beco...
Ele a chama para entrar. Ela vai e começam a subir uma escada. Ela já não se importa com o local, só quer ser amada e amar... Começam a se pegar na subida e procuram o quarto. Ele coloca a chave na porta de um quarto, porém é o local errado... Sobem mais escadas... E ela já louca... Andam por um corredor estreito, eles param e ali ele a joga na parede e a beija, morde, e diz em sue ouvido que a  ama.  Ao final do corredor lá está a porta do Éden...
Ele abre a porta e pede para ela entrar. Ela fica assustada com o local. Ele fecha a porta com a chave.
O quarto tem uma mesa com duas cadeiras e em cima, uma quentinha e um copo. Como se acabará de estar alguém naquele local.
Ela olha para a cama e, nota estar suja e bagunçada. Espelho na parede quebrado...Janela com grades, fazendo ser a única saída a porta de entrada.
Vai ao banheiro e vê que só há um cano no lugar do chuveiro. Pia suja e sanitário sem tampa...
Teto e paredes com pintura desbotando e manchas de infiltração...
Ele a agarra e lhe dá um beijo. Ela, sem tempo de falar do local para ele se entrega aos seus beijos e carinhos...
Ele a joga na cama suja e bagunçada... Ela não liga mais para  o local... Quer fuder....
Ele tira a calça e lá está agora de cueca Box branca... Como ela pediu... Ela fica louca e lambe a piroca dele por cima da cueca...
Ela cai de boca agora na rola e, chupa muito...
Ele a deita e levanta suas pernas... Inicia-se uma sessão de lambidas e chupadas em sua buceta. Deixando-a louca. Fazendo-a gritar e chamar pelo seu nome.
Ela goza... Ele começa a penetrar seu pau enquanto ela continua a gozar...
Lá estão os dois, fazendo amor, tendo prazer imensurável...
Ela pede para parar. Diz que tem algo para ele.
Ela vai ao banheiro e fecha a porta. Ela sai.
Ela abre a porta. Ele cheio de expectativa.
Ela vêm nua usando apenas uma meia caça preta. Vêm linda, elegante...
Chega na cama  e coloca o pé no peito dele. Ele se excita mais. Começa a beijar sua perna.
Ela passa seu pé por todo corpo dele  até chegar a suas partes...
A troca de olhares é intensa. Nota-se o amor e desejo que ambos estão sentindo.
Olhares fixos... Olhares com misto de sentimentos...
Olhares jamais trocados com outras pessoas...
Ele fica de joelhos beijando sua perna.
Ela em pé fica a acariciar sua cabeça.
Ela o puxa pelos cabelos para beijá-lo...
Ele de pé agora a agarra pela cintura. E com beijos ardentes a joga na cama.
Levanta a perna esquerda dela e vem com a boca tirando a meia calça...
Depois repete o ato na perna direita...
Logo ele vêm beijando e mordendo suas pernas.
Passa por sua barriga e seios. Chega ao pescoço. Logo na boca...
Amam-se novamente... Até terem sua pequena morte...
Pin It
Atualizado em: Sex 2 Out 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222