person_outline



search
  • Contos
  • Postado em

Tardes de sol

Juventude é o despertar de uma vida da qual se está a ponto de descobrir as coisas, é a chave para conhecer pessoas e lugares, esses que mudam toda uma vida... A pessoa produz e reflete todo o seu conhecimento por meio do que já há ocorrido, pelo que há vivido, presenciado. O fato de se privar não ajuda a ampliar ou mesmo tonificar seus conhecimentos. As saídas são importantes, conhecer pessoas, tribos, religiões, lugares é fundamental.

Em uma década próxima onde não havia muitas preocupações lembro-me das jamais inesquecíveis tardes de sol…Ufff, cada tarde, todas elas eram iguais e diferentes, sentávamos na calçada tocando violão, observávamos as pessoas passar, presenciávamos o vento, nos enaltecíamos com todo seu aliento e ainda ríamos de nossos bons momentos.

Muitas vezes nos proposiamos a caminhar, a juventude te traz experiência para um futuro próximo, é uma época de descoberta, seja ela envolvida com drogas, sexo, com música, pessoas das mais distintas, tudo junto e misturado, e isso obviamente é irreversivel para toda uma vida.

Nessas caminhadas descobríamos a nossa própria área, a arte que ela envolvia com seus grafites em cada viela do bairro, ou dos bairros vizinhos e nos admirávamos tudo isso com uma fumaça que fazia rir, pensar, sair daquele lugar nem que fosse por um momento, nós podiamos estar onde quiséssemos….E então começavamos a ver o Daniel na cova dos leões, seguiamos porque diziamos: ainda é cedo!, e continuávamos sempre essa rotina porque ninguém iria dizer que tudo isso seria um tempo perdido….

Eu sei, não, eu tenho certeza que esses tempos vão ficar para sempre na minha memória e de quem participou comigo…Éramos soldados pedindo esmolas, mas a gente não queria lutar, éramos meninos e meninas juntos, transmitindo pensamentos e energia com uma bela música, ainda que seja falando que D. Pedro era “caretão”…..

A nossa geração coca-cola foi marcada com boas festas, grandes pessoas, enormes motivos para se lembrar…rir e chorar. Ver os momentos passar somente nos fez fortes, cada qual a sua maneira e hoje ainda muitas vezes temos mais do mesmo….

Há tempos que não sinto essa sensação….mas dias próximos já virão, tenho certeza que toda uma emoção vou sentir, vou rir no dia que isso vir e sei hoje mais do que nunca que “ consegui meu equilibrio cortejando a insanidade”…hehehe como adoro a sereníssima!

Quando a reunião for feita quero cantar e sentir voltar a viver como há 10 anos atrás, tenho certeza que quando tudo esta perdido..sempre existe uma luz…e que a nossa magia do lugar resplandecerá…brilhará, ninguém vai jamais esquecer, fatos importantes se podem suceder e sorrisos eternos nesse dia é o que vamos receber…..

 

Nota do autor

Texto inspirado em uma parte de minha adolescência, onde passávamos todas as tardes cantando legião urbana, Smashing pumpkins, echo and the bunnymen, Cranberries, Raulzito e outros…muitas outras coisas boas….. O texto contém nomes de músicas e trechos do legião urbana do qual fui inspirada a fazer por uma rotina diária daqueles tempos. Onde o dever era estudar, a preocupação era não repetir e as tardes de sol…aaaa tardes de sol…..marcarão toda minha vida. Com a presença de grandes pessoas foi que descobri caminhos, saídas, maõs duplas….hoje posso dirigir essa vida tendo um grande leque de opções por seguir..posso ficar, posso partir ou posso simplesmente permanecer em casa..

A amizade verdadeira prevalece, os prós e contras sempre existem em cada relacionamento, seja de amor, de família, de amigos…é preciso aceitar coisas, perdoar outras, amar….Os verdadeiros sentimentos são sempre mostrados por pequenas coisas e por poucas palavras.

Amo o que tive em um passado não distante, sinto falta, hoje mudaria muitas coisas, muitos capítulos…. Mas enfim, vivemos e aprendemos….Há que reconhecer, isso é certo. Pedir desculpas, como diz um grande amigo, é fácil….Mas há que fazer quando se chega o momento…

“Vai ver que era assim mesmo e vai ser assim para sempre, vai ficando complicado e ao mesmo tempo diferente” … seguimos, cantamos, dançamos, viajamos…nos afastamos por momentos, ligamos para matar um pouco a saudade….Amamos……… Isso não muda, também é certo, e uma coisa eu posso afirmar… Santos Dumont que era caretão inventou o avião e a Princesa Isabel se amarrava num negão, por isso aboliu a escravidão… rs

P.s.: Dedicada aos meus amigos, principalmente ao Leandro que estava presente em todas as tardes. Tinha uma enorme paciência para tocar as músicas que eu gostava, mesmo com os dedos já dormentes…. Bs

Pin It
Atualizado em: Qui 17 Dez 2009

Comentários  

#6 master22 23-02-2010 20:17
É bom reviver os tempos da nossa juventude... Lindo seu texto. Parabéns
#5 Kokranne 21-02-2010 14:52
Parabéns!! texto lindo....abraços.
Gracias pela visita.
#4 PauloSiqueira 05-01-2010 04:53
Que texto bonito, parabens!
#3 tania_martins 18-12-2009 21:50
Muito bom.
#2 rackel 18-12-2009 08:19
Aha! Tem gosto pelo Legião Urbana aí. Que legal. Compartilho. E o faroeste caboclo? Como vivi isto. Excelente.
+1 #1 Abreu 17-12-2009 19:48
Só vamos descobrir a importância da adolescência quando só sobra a nostalgia. Importante é ter vivido com intensidade não só esses momentos, mas todos, pois um dia, serão um por um, relembrados em melancolia.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222