person_outline



search
  • Contos
  • Postado em

Estereótipo..

A face com sua vislumbrante beleza via o quão belo era tudo ao seu redor, como as bocas e olhares eram harmoniosos; sentia gratidão ao retrucar essa energia e não sabia o que seria sem isso.

Observava com clareza que muitos não possuiam o mesmo privilégio, porque sabia que existia o chamado preconceito e menosprezo por parte de outros olhares.

Logo começou a notar com toda sua beleza (que não era somente externa), que as mudanças fazem olhares mudarem idéias..

Passou a apagar um pouco sua luz, ao notar como isso era tão importante para alheios e tornou-se feio por isso. Sabia que cada um podia ser o que queria ser se realmente quisesse ser. E então se viu obrigado a continuar assim para analisar o comportamento alheio.

Se surpreendeu ao descubrir a exclusão, a traição, a amargura e toda decepção consequentes de uma máscara que se há colocado.

Resolveu então ensinar aos demais que a maior beleza estava dentro, que as pessoas teriam que enxergar isso; teriam que respeitar cada um a sua maneira, sendo pobre ou rico, com ou sem estilo, seja ele careca ou cabeludo…

Todos ali tinham seus valores e isso nenhum olhar poderia mudar, nem uma boca teria o que falar e nenhum gesto malicioso poderia encontrar.

De resguardo ficou, muitas pessoas ajudou e com isso muitos sorrisos brochou. Cresceu ao ver os outros bem, estava cansada já de ter somente palavras bonitas e com o desprezo e com todo seu ensinamento o fez sentir maior e mais belo.

Ao notar que ainda existia pessoas e olhares sinceros se afastou de muitos, porque descobriu que essas palavras que eram tão bonitas eram falsas ou momentâneas.

Sabia que ouviria aquilo uma noite, mas que ao despertar a mesma boca já poderia não estar…

Se sentiu traído, preso, sozinho e com isso se juntou ao outro grupo. Os conhecidos como “inferiores” por seu aspecto e logo viu o quão grande eram esses.

Desde logo se sentiu feliz e livre, passou a ouvir palavras sinceras, ver olhares sinceros e escutar corações com amor.

Hoje, mais do que nunca, tem certeza que tudo passa, que a chamada beleza se acaba e que a que permanece poucos terão em suas vidas. Hoje sabe o que é belo e belo é ser feliz a sua maneira, sem distinção de nada e sem medo de ninguém.

Pin It
Atualizado em: Ter 17 Nov 2009

Comentários  

#4 rackel 06-01-2010 14:54
Ao depurarmos o nosso conceito de beleza, retomamos o caminho ao nosso interior. Parabéns. Estrelado.
#3 Abreu 06-12-2009 23:18
Coração expandido, mente purificada, resultam em resultados positivos.
#2 juplur 18-11-2009 09:00
Obrigada Paulo!!!

É exatamente isso mesmo....
:love:
#1 PauloSiqueira 18-11-2009 00:29
Belissimo seu texto!
O feio e o bonito, na realidade não existem.
O que existe (penso eu)são conceitos e pré- conceitos, de quem vê.
Beijão minha querida brasileira de além mar!
SAUDADE! :love:

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222