person_outline



search

LARA I

Quem a quinze
Esquece o quinze
Contrário ao quente
É sempre frio
Conta ainda o sol em gêmeos
Ar do gênio dos zodíacos
Anunciou a tia da senzala
A vinda da deusa doméstica
Roubada dos braços de Mercúrio
O anjo da acrópole de Atenas
No instante da sua chegada
Rasgou o silêncio
Num choro contínuo
Orava aos deuses do olimpo
Fez da carne sua mortalha
Recebeu seu nome intuído
A casa é sua deusa Lara
Pin It
Atualizado em: Seg 5 Out 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222