person_outline



search
  • Drama
  • Postado em

PARAÍSO SELVAGEM

Luiz Ricardo (Lúcio Junior) ainda garoto em João Pessoa ( Paraíba),  se achava pobre demais, vivia com seus tios Daniel e Mariley .  E uma noite foi uma das boates e conheceu Marilany e ela era uma dessas mulheres da vida e ela lhe apresentou Moacyr Boca Negra, assim conhecido, porque todos que nele chegavam terminavam mortos. Era um chefe de quadrilha.  Só que não era uma  quadrilha qualquer, era uma quadrilha de tráfico de garotos de até quinze anos. E Luiz Ricardo cresceu nessa vida. Melhorou de vida através dessa grana suja, se casou e fugiu com Marilany e adotou o nome da quadrilha. Foi para Ubatuba, teve com ela três filhos, mas os homens de Moacyr não descansaram enquanto não o encontraram. Então os homens de Moacyr diz pra ele: _ Patrão você vai deixá-lo sair assim. _ E ele diz: _ Fica na sua, deixe eles pensarem, que os deixei quieto. Vamos encontrá-los e depois vocês os matam. _ Mas você vai matar sua própria filha?. E ele tornou a responder: _ Ela não quis ir com ele, então morra com ele.   De Ubatuba, voltou para Paraíba, deu dinheiro para seus tios e mandou-lhes  para São Paulo. E quando eles perguntavam sobre a origem desse dinheiro, Luiz Ricardo inventava, qualquer desculpa, para não dizer a verdadeira origem desse dinheiro. E diz: _ Saíam daí, vão para São Paulo e compram uma casa lá.

Eles disseram: _ Porque sairemos daqui? , estamos bem. _Mas virão atrás de vocês. _ Mas quem virá atrás de nós. Homens do Boca  Negra. E ele mata, se ele não conseguir resposta. _ Resposta do que? Luiz Ricardo. _ De mim, tia. Peguei a filha dele, casei com ela e estou voltando para São Paulo. Vamos comigo. E apresentou Marilany para ela. E ela é minha esposa E esta grávida. Em Janeiro nasceu Gabriel ( Carlos A. Eschiavoni) , anos depois nasceram Thiago ( Thales Snake) e Diogo ( Danilo Iuan).  Mas Boca Negra foi para São Paulo com seus homens. E em uma perseguição, no carro estavam os Marilany e Gabriel , perseguidos pelos homens do Boca Negra, e no acidente, Marilany morre nos braços de  Gabriel.

Ainda em São Paulo Leonardo ( Luis Eduardo Girotto) se deixa levar para o mundo dinheiro fácil e resolve vender seu corpo, já que também não gostavam de sua vida. Mas uma moça  chamada Paola ( Pâmela Aline). Ele é irmão de Cláudio ( Carlinhos Girotto). Cláudio se apaixonou por uma menina, e essa menina acabou morrendo com Leucemia, e ele não conseguiu fazer para evitar, então ele entrou em depressão.  E aí se deixar levar para os mundo das drogas. Mas uma nova surpresa vai acontecer em sua vida. Talvez uma grande chance de ser feliz.

Assim você sentir as emoções de : PARAÍSO

                                                   SELVAGEM

Dia 18 de junho de 2008.

A família de Luiz Ricardo choram a morte de Marilany. Luiz Ricardo se aproxima de Gabriel,  tenta  abraçá-lo, mas o garoto sai de perto. Luiz Ricardo tenta conversar, mas o filho o despreza. Gabriel porque está me evitando? E o rapaz o responde: _ Você ainda pergunta? , quem aqueles homens?, porque não abre o jogo?. Há anos, eu vejo esses homens nos cercando, nos espionando, e eu sempre dizia que não queria os perto da gente, porque esses homens me arrepiava, só de chegarem perto da gente. Todo dia, eu os via falando com você, todo dia falando alto com você, sempre que chegava perto da porta, ouvia os altos gritos. E Gabriel chorando disse: _ eu vi minha mãe chorando ao meu lado, e vocês não fez nada afastá-lo de nós. E Luiz Ricardo sentiu que não podia contar nada, se não seria um choque muito grande para Gabriel saber que era Neto de um gangster e que seu pai fez parte de um dessa quadrilha.

Gabriel dizia para todos que o pai não prestava, que o pai matou a mãe e Thiago e Diogo não acreditavam. E quando o pai se aproximava, ele falava: _ Vai pai diz para eles que você matou a mãe, que  o senhor foi responsável pela morte dela. Diz  vai, conta a verdade aos meus irmãos. _ Fica quieto Gabriel, você nem sabe do que está falando. Para de ficar falando essas coisas para seus irmãos. Tudo bem meninos, isso é tudo é por causa do trauma que ele sofreu com a morte da sua mãe. E Thiago diz: _ Tudo bem!, eu entendo todo lado dele, mas ele não pode culpá-lo você a vida toda. Agora se você tem algo a contar, conte agora. _  Não!, não tenho nada.

Então Thiago chamou Gabriel para conversar. Gabriel  quero conversar com você e é sobre o pai. E Gabriel diz: _ Não quero falar sobre ele. Gabriel não me dê as costas. Eu sei que está chateado  com que aconteceu, mas uma hora você vai ter que falar sobre isso. _ Eu sei, mas não é agora. Então me deixa em paz por favor.  Não me faça bater em você Thiago, por  favor e saiu. Foi até ao casebre que tinha ali perto . Naquele lugar ele vai toda vez quando quer ficar sozinho.

Enquanto isso... Leonardo que cansou de sua vidinha, foi até as ruas e conheceu Deivid, um rapaz que vende seu corpo para ganhar dinheiro e Deivid, lhe apresentou a Saigon, um homem responsável por essa quadrilha, num bordel a dois quilômetros de sua casa. Como Leonardo era sozinho, a não ser, um irmão mais novo chamado Cláudio. Não tinha para dizer o que fazer e o que não fazer. Mas também, não tinha para lhe fazer carinho, para lhe dar amor.  Então podia fazer o que quisesse e aí então ele então todo dia na boate, lá era striper. Todas ás noites. Enquanto isso... seu irmão, filho de sua mãe, do qual, ele vai conhecer depois. Esse se apaixonou por uma menina que acabou  morrendo de leucemia, e depois entrou em depressão.  Ao  sair de seu buraco onde vive, vai as ruas e fica conhecendo Matos, um garoto que o leva para o mundo das drogas, do craque, cocaína. Dias depois, Cláudio estava largado em um dos bancos da praça feito um indigente. E todos os dias assim.

Já Gabriel continua em sua casa irredutível contra seu pai e não fala naquele dia, com ninguém, mas chora todas ás noites, quando lembra do acidente e lembra que o carro da sua mãe estava sendo perseguido pelos homens do Boca Negra.

Na boate, Leonardo continua fazendo  strip-tease e transando com todas as mulheres, de uma coisa eu digo, ele era consciente, usava camisinha.  Cláudio, se acabando todo dia. E na praça, ele dormia como indigente, então, uma mocinha chamada Renata Cordel ( Roberta) vê aquela cena, e o leva com ela. Em seu apê , ela trata dele com todo carinho, mas percebe que ele está com abstinência. Ela deixa sua carteira por perto. E no dia seguinte, ele vê a carteira e tenta roubar, mas ela o flagra. _ Haha!, eu o peguei  com a mão na massa. Eu sei que está mal rapaz,  posso te dar dinheiro para você comprar droga. Mas você pode se ajudar. _Mocinha?, quem é você por que está me ajudando?. Eu não mereço a sua ajuda.  Diz Cláudio. _Tem razão, você não merece. E eu não posso te ajudar mias, se você não quiser. Você precisa se tratar, Entrar para um grupo de apoio de dependentes químicos. E como vou fazer isso?, se não tenho dinheiro?._Eu posso te emprestar, se você me prometer que vai frequentar. E ele responde: _ Não sei se vou conseguir. E ela continua. Terá que ter força. Mas Cláudio foi embora do apê. E continuou sozinho pensando por muito tempo.

Na casa de Luiz Ricardo. Ele encontrou Gabriel chorando e ao chorar ele dizia: _ Eu não tive culpa, ela morreu, mas eu não tive culpa, aqueles desgraçados, nos seguiram e atiraram no pneu,  o aro saiu e ela bateu o carro. Então Luiz Ricardo ouviu aquilo e foi diretamente até a Moacyr e ao se aproximar diz aos seus capangas: _ Vim aqui para falar com Moacyr. E os homens lhe disseram: _ Ele está ocupado e Moacyr lhes disse: _ Tudo bem!, eu falo com ele. _ Que veio fazer aqui? _ Você matou a minha mulher. Como pode matar sua própria filha? E Moacyr respondeu: _ Ela não foi com você?, não se casou contigo, então não é mais minha filha. _Tudo bem!, diz Luiz Ricardo _ E eles não soão seus netos. _ Ótimo!, então, já que eles não são meus netos, eu posso matá-los netos. O que você está dizendo?  _ Traga o garoto_ E trouxeram Diogo, você  não vai matá-lo, é o que vou fazer, se você não voltar a trabalhar para nós.  E ele responde: _ Tudo bem!, eu faço o que vocês quiserem. É isso aí. Uma vez traficante, sempre  traficante. E continuaram mantendo o garoto preso até Luiz Ricardo fizer o que eles quisessem.

Ao chegar em  sua casa, Luiz Ricardo abre o jogo para seus tios Daniel e Mariley e contou tudo a eles. Os tios ficaram horrorizados quando souberam que ele fazia parte de uma quadrilha de traficante de garotos de até quinze anos. E os tios perguntam cadê Diogo? _ E Gabriel entra na sala está nas mãos deles. Thiago ouve e diz: _ Por que quando eu pedi para você me contar alguma coisa e você me disse não ter nada para me contar. Por que mentiu para mim, porque mentiu para todos nós?, achou que eles não ia nos achar?. Eu sei que tinha que contar, mas não podia contar aquela hora. _ É você iria esperar acontecer alguma coisa desse tipo para dizer?, e agora você vai contar.  Chega de mentiras pai. Nosso irmão está nas mãos desses homens, nossa mãe morreu e Gabriel gritou : Morreu por sua causa pai. _ Ela era filha dele, morreu por causa deles, agora conta a verdade.

E  Luiz Ricardo começou a contar: _ Então cansado daquela vida medíocre, então conheci Marilany numa dessas boates em João Pessoa. Lá fizemos amor. De repente nos apaixonamos, ajudei-os pegando alguns garotos para ele. Cresci no trabalho, ganhei uma fortuna, depois fugimos para Ubatuba. Lá casamos em segredo, só no papel . Transamos e voltamos para São Paulo, nesse tempo dei um bom dinheiro para seus tios e bom daí. _ E daí, viermos para São Paulo, nasceu vocês e eles vieram para nos atormentar, e esperaram a hora certa para agir. E agora estão com Diogo e seu não trabalhar para eles, ele mata Diogo, não pensa que isso está não está sendo difícil para mim também.  _ E para nós pai?, chorando dizia Gabriel. _E para mim, que via a mãe morrer ao meu lado, tudo bem!, Gabriel chega!, diz Thiago. _ Agora nós temos que ficar unido, para ajudar a salvar Diogo.

Muito bem!, você vai trabalhar para eles, mas antes vai ligar para polícia e dizer o que está acontecendo, e dar todas as dicas do trabalho e aqui e lá Paraíba. Qualquer coisa, nós que chamamos a polícia. Vai e traga Diogo são e salvo. Vai terminar o que você começou. _ Obrigado Thiago _ Não!, não estou fazendo isso por você, estou fazendo pela mamãe e pelos meus irmãos.

Cláudio voltou até o apê de Renata depois de se perdoar, por achar que tivesse sido responsável pela morte de sua antiga paixão, então ele disse a ela: _ Eu aceito sua ajuda, vou frequentar  sessões de terapia. Ela agradece e começa a pagar a terapia.  Dias depois, uma moça chamada Paola aparece na vida de Leonardo,  era como se fosse um anjo que tinha caído dos céus para ajudar os irmãos Cláudio e Leonardo a se encontrar. Paola diz a Leonardo: _ Por que faz isso com você? , eu não sei quem é você e nem me interessa saber. _ Por isso me deixe em paz.  Paola pensou consigo: _ Não vai ser nada fácil com esse aí.

Enquanto isso... Luiz Ricardo viaja com os homens do Moacyr até João Pessoa. Finge ajudar eles a pegar outros garotos, mas liga para Thiago que liga para a polícia e avisa. Então na hora de Luiz Ricardo, combinou com o garoto dele pisar em seu pé e depois fugir. Então terminou: _ Já os ajudei, agora liberte o meu filho, pelo amor Deus, liberte Diogo, então ele soltou o garoto que correu para seu pai e o abraçou. Aí e chegou a polícia todos os integrantes e Thiago gritou _ Pode levá-lo junto, prenda-o delegado, ele também fazia parte. Luiz Ricardo olhou para seu filho e foi levado preso, no tribunal, foi julgado e condenado á seis anos de prisão por participar desse tráfico.  Mas por ter cooperado com a investigação, entregando a todos, conseguiu diminuir a sentença que era de 12 passou  para seis  anos, mas dois anos de serviços prestados á comunidade. A família de Luiz Ricardo voltou a morar em João Pessoa ( Paraíba). Thiago contou toda a verdade a Diogo. Ele ficou com raiva durante todos aqueles anos, mas se apaixonou por uma moça nova e começou a entender tudo que seu pai havia feito.

Leonardo depois de muito brigar, resolveu  aceitar a ajuda de Paola e depois de muito conversarem, decidiu largar a vida de  striper . Renata ligou para sua amiga Paola e pediu para que levasse seu amigo até seu apê . E assim aconteceu. levou Cláudio até o apê de Renata. E Cláudio quem é ela? Essa é minha amiga Paola e esse é Leonardo. E ela contou tudo: Eu sou amiga de Dariane e ela me contou que tinha dois primos aqui, mas que um não sabia da existência do outro e ambos estavam perdidos. E quem são esses primos? E como ela soube disso: Porque Paola me contou que estava ajudando  um Rapaz, que era você Leonardo e eu ajudando o Cláudio, dei a descrição de ambos e vi seus documentos e liguei as famílias. Vocês são irmãos por parte de mãe. Mas o seu pai Leonardo morreu há muito tempo. E sua prima, ficou com sua tia e vocês foram dados como mortos na maternidade e os homens  a quem foram entregues, os devolveu no orfanato e vocês fugiram, só que cada para um lado diferente. Os dois se abraçaram e ambos se apaixonaram. Leonardo por Paola e Cláudio por Renata. Dias depois, ela  ligaram para Dariane para encontrá-los.  E viveram todos juntos.

Leonardo e Cláudio ajudam uma ONG para  tratamentos de dependentes químicos e os tiram da rua, os garotos que trabalhariam como striper . Já que toda a quadrilha foi desmontada.

Na cadeia, Luiz Ricardo, passa mal e bons bucados. Mas vai escrevendo sua história.  Passaram-se seis anos e Thiago, Diogo e Gabriel perdoaram seu pai pelo que fez, voltaram á  São Paulo e foram recebê-lo de braços abertos. _ Na penitenciária... na cela de Luiz Ricardo. O guarda diz: Luiz Ricardo seus filhos estão a sua espera. A partir de hoje, você está livre, você foi anistiado, poderá voltar para casa. E quando ouviu  diz: _ Quase nem acreditei no que ouvi. Vocês me perdoaram?. _ Você Gabriel , me perdoou de verdade ?, sim meu pai. Você Thiago, também, afinal, fui eu quem os trouxe e você Diogo?. Também meu pai. E Thiago continuou: _

 A vida meu pai, está lhe dando uma nova chance de viver família. Aproveite essa chance e chega de mentiras em diante. Vamos embora, vamos para casa. E o pai perguntou? _ Vamos para São Paulo?, que São Paulo?, vamos para nossa casa na Paraíba, lá estamos vivendo da pesca. Diogo separa os peixes, lagostas e camarões, estamos trabalhando para uma aldeia de pescadores, recebemos dinheiro, não é muito, mas dá para a gente se manter e o que pescamos, comemos. Nossa meus filhos!, estou muito orgulhoso de vocês.  E os seus tios, ficaram muito ruins, fizemos tudo que pudemos, mas eles não agüentaram e vieram a falecer. Lamento muito. Mas deixaram o barco e uma boa quantia em dinheiro para nós todos. Ah ! aqueles garotos estão nos ajudando na aldeia para não ficarem nas ruas. Mas ele continua prestando serviços á comunidade.

Passou alguns dias, promoveram uma grande festa e chamara cantar a Banda beijo que  finalizou com a música “ A vida é Festa” Nessa festa ele faz sua tarde de Autógrafos.

“ISSO É UMA FICÇÃO E QUALQUER SEMELHANÇA É MERA COINCIDÊNCIA. A MINHA (MEU) PERSONAGEM é TOTALMENTE FICTÍCIO".
Pin It
Atualizado em: Dom 5 Fev 2012

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222