person_outline



search

Olha a candida

"Olha a candida! Desinfetante, detergente, pasta para brilho, amaciante, limpa alumínio... olha a cândida!" - anunciava o alto falante de uma velha perua passando pela rua. 
Assim, há 20 anos, Graça pegava cinco reais da carteira, uma garrafa vazia de dois litros de guaraná Convenção e descia até a portaria do prédio para renovar o seu estoque de água sanitária.

"Olha a candida! Desinfetante, detergente, pasta para brilho, amaciante, limpa alumínio..." - anunciava a mesma perua, treze anos atrás.
Graça, então, pegava doze reais e uma garrafa de um litro e meio de Coca-cola, achada no latão do lixo reciclável do condomínio, e descia de seu apartamento antes que o "homi" fosse embora.

"Olha a candida! A perua está esperando, candida boa!"
Há sete anos, já fazia dois anos que Graça não comprava água sanitária do "homi da candida". Estava preferindo a Hiper, Mega, Blaster, Super Água Sanitária do Hipermercado onde fazia compras do mês. O comercial de TV dizia que era a melhor. Apenas dezoito e cinquenta o litro.

Há um ano, Graça se lembrou que nunca mais ouviu a perua do "homi da candida" passar pela rua. 
"Quando terá sido a última vez que ele passou? Até que a candida dele era boazinha..."

Pin It
Atualizado em: Qui 17 Fev 2022

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222