person_outline



search

Liberdade, filosofia e espiritualidade na Maconaria Universal.

Não há religião superior à verdade, já nos alertava a teosofista russa Helena Petrovna Blavatsky, desde o século XIX. Está máxima foi traduzida do sânscrito, uma antiga língua indu – Satyan nasti para Dharmah. A palavra Dharma, aqui foi traduzida como religião, mas também significa, entre outras coisas, doutrina, lei, perfeição, dever, direito, justiça e virtude. Por isto na Maçonaria Universal, desde seus primórdios históricos cremos em um Deus Universal e caminhamos com fé sob sua luz, sempre comprometidos com a busca da verdade. Busca se a verdade na fraterna ordem universal, em todos os degraus simbólicos e filosóficos. Mas não são singularmente graus de filosofia isolados, todos estão intrinsecamente unidos a moral, a liberdade, a caridade, aos bons costumes, a fraternidade e a espiritualidade, pois se assim não o fossem, seria um mero percurso errôneo de filosofismo - que é o uso de considerações filosóficas distorcidas, onde elas não têm cabimento e nem sentido; uma filosofia sem fundamento, uma atitude própria dos falsos e cativos pensadores muito longe da verdade. Por mais que doutrinariamente estuda se que os graus ditos filosóficos sejam somente os do 19º ao 30º do Rito Escocês. Creio particularmente que todos os graus superiores em nossa Sublime Ordem, galgados a Escada de Jacob de uma forma ou de outra, na vigilante desbastação e lapidação da pedra bruta, encaminhe o mestre postulante a busca da verdade com ensinamentos profícuos de moral, filosofia e espiritualidade. Afinal idealizamos a Grande Obra de um mundo justo e perfeito sob a égide do Grande Arquiteto do Universo.
fShare
0
Pin It
Atualizado em: Dom 25 Mar 2018
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222