person_outline



search

A colher e o Livro da Lei

Um dia um velho venerável mestre viúvo esteve em um jantar oferecido a ele, na casa de um casal de sua oficina, a cunhada era uma ativa irmã da fraternidade feminina e o irmão um fervoroso orador por diversas vezes escolhido em varias gestões. Acabado a noite agradável depois que o velho venerável saiu, a cunhada disse ao marido, eu acho que o irmão venerável roubou uma das colheres do nosso faqueiro de prata.
Este ocorrido incomodou o casal durante o ano inteiro.No ano seguinte, perto da mesma data, o casal convidou o velho irmão venerável para um outro jantar em sua casa.Incapaz de resistir, a cunhada perguntou ao velho venerável se o irmão havia por descuido levado uma de nossas colheres de prata, no jantar do ano passado. Então o velho venerável, sorriu e calmamente respondeu que não, que tinha deixado a colher de prata dentro do Livro de Ouro da Lei, exatamente no capitulo dos Salmos. 
Moral da Historia, ler o Livro da Lei, fonte de toda sabedoria, sempre evita que pensemos mal de nosso próximo alem de fortalecer por justiça e perfeição nosso caminhar em fraternidade.O Livro da Lei é mais que um objeto de adorno, é sim fonte da palavra viva para vivermos na luz do GADU em amor e união.Agora com todo carinho fraternal universal lhe pergunto, você sabe onde está ou foi parar sua colher.
Pin It
Atualizado em: Dom 25 Mar 2018
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222