person_outline



search

Sonho de um solitário sonhador

Fecho os olhos por um instante. Eu sinto a brisa do vento, a areia nos pés, o cheiro salgado. Eu ouço as ondas quebrando, as vozes rindo e cantando, meu nome sendo chamado. Abro os olhos e caminho em direção à fogueira. O sorriso nunca sai do meu rosto. Sentado perto das chamas, as vozes me perguntam se eu estou bem, me oferecem bebida e até me abraçam.
Eu me sinto confortável, eu me sinto leve. Eu sinto que nada pode estragar esse momento. Eu me sinto seguro. Eu me sinto em paz.
Passamos a noite toda na fogueira, cantando e bebendo. Ficamos para ver o nascer do sol, enrolados em cobertas. Deitamos as cabeças uns nos ombros dos outros e ficamos silêncio. 
Logo depois o sol já esquenta nossos rostos. Vamos até a casa ali perto e todos, juntos, deitamos esparramados na sala. Eu fecho meus olhos por um instante. Eu me sinto amado.
Quando os abro novamente, estou em uma cama, muito espaçosa. A tv está ligada em um programa infantil e ainda está escuro. Ficaram todos na praia. Ficaram todos no meu sonho.
Pin It
Atualizado em: Qua 10 Jan 2018
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222