person_outline



search

Imagem e Semelhança do pai

Deus nós fez a imagem e semelhança dele.

Somos fortes bondosos caridosos fraternais e amorosos.

Essa é a condição dos seres humanos, esses sentimentos de bondade e generosidade estão dentro de cada um de nós.

Nascemos com esses sentimentos, só que muitas vezes perdemos ou os esquecemos no decorrer da nossa existência, devido a influências de diversos segmentos aleatórios.

Muitas vezes nos tornamos seres rancorosos egoístas marginalizados cometendo erros.

Levando em conta que somos a imagem e semelhança do pai por quê ainda temos esses sentimentos e atitudes?

Por que temos o livre arbítrio? Sabemos o que é certo e o errado.

Sabemos o que podemos:

Ajudar.

Amparar.

Perdoar.

Amar.

Mas, ainda nos desvirtuamos e nos desviamos do caminho do amor e benevolência.

Ainda sentimos: ódio, raiva e cometemos atrocidades.

Podemos optar entre o certo e o errado.

Entre o amor e o ódio.

A vida e a morte.

Deus nos guia nos orienta e nos ampara em todos os momentos de nossa existência, nos permitindo que retornemos a terra para corrigir o que erramos para nos redimir.

Para aprender e ensinar.

Para evoluir.

Para amar mais.

Para perdoar mais.

Para amparar mais.

Para escutar mais.

Deus nos dá uma gama de oportunidades de aprendizado e evolução, uma diversidade de exemplos benevolentes e austeros.

Deus nos dá pacientemente o tempo que for preciso para evoluirmos

Deus não nos cobra as nossas faltas e fraquezas.

Deus não nos condena.

Deus não levanta calúnias de nós.

Deus não nos julga.

Então por que assim ainda o fizemos?

Por que julgamos e condenamos?

Por que levantamos falsas calúnias?

Por que ainda apontamos os erros alheios?

Por que ainda nos falta evoluir e aceitar a nossa condição?

Deus quer que sejamos felizes e benevolentes e que sejamos amorosos e caridosos.

Assim como ele é com nós.

Nos enviando em todos os momentos de nossa existência essas benções de luz e ensinamentos, esses exemplos de amor e perdão.

Nos recebe sem dizer si quer uma palavra.

Não nos condena e julga

Nós é que fizemos.

Nós é que nos condenamos e nos julgamos.

Nós é que nos tornamos e que fizemos o mal.

A injustiça.

O egoísmo.

O ódio.

A preguiça.

A maldade.

Mas ele nós envia esse amor pleno e celestial.

Ele nos espera com toda paciência.

Com todo amor.

E resignação.

E com fé, que sejamos a sua imagem e semelhança assim como ele nós fez perfeitos e amorosos, não importa o que fomos e sim o que seremos um dia.

A sua imagem, ou seja.

Benevolente.

Caridoso.

Pacencioso.

Amoroso.

Bondoso.

Perfeitos assim como o pai que nos criou.

Deus sabe que somos perfeitos nós é que ainda não sabemos que assim somos.

Deus sabe que somos amorosos nós é que ainda não sabemos que assim somos.

Deus sabe que somos tudo o que quisermos ser, nós é que só sabemos o que não queremos ser.

Por isso Deus dá o tempo que for preciso pra nós evoluir.

Ele nos envia esses ensinamentos de amor e caridade de esperança e fé.

Deus continue a nos enviar as cotas balsamizadoras do bem.

Para nos instruir e nos evoluir.

Para nos ensinar e escutar.

Para sairmos dessa condição indo lentamente para o caminho do bem

Que Deus permita ainda, mas esses irmãos da espiritualidade nos deixar esses ensinamentos tão instrutivos e paziguador que nos alivia a alma e nos fortalece no evangelho e no caminho do certo e do errado.

Que esses irmãos a cada dia mais possam nos deixar essas máximas de luz e amor.

Para nos orientar nessa jornada ainda a ser galgada e lapidada por nós.

Que assim seja.

Transcrito pela médium vanderleia da silva

Em 18/02/2007

As 17:27

Pin It
Atualizado em: Dom 15 Jan 2012

Comentários  

#2 PauloJose 26-02-2012 21:21
PARABÉNS FAVORITEI!
ABRAÇOS.
+1 #1 GeraldoJCostaJr 18-01-2012 21:01
Bonita mensagem.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222