person_outline



search

Mors

Mais uma vida perdeu o fulgor descendo profundo ao abismo, ninguém perguntou se ele queria partir para a escuridão infinita.
Uma verdade dolorosa, qual a alegria de dormir e ser esquecido?
Uma estrela morre deixando apenas seu brilho, até a mais bela das rosas murcha com o tempo. Há alguém que fuja dos braços da morte? Não! Uma mentira calorosa como a vida, destruída pela certeza que vamos voltar ao nada algum dia. Qual o valor de seu bem mais precioso?
Mesmo vivendo nesse calor infernal, diante do sol a luz se apaga e caímos nas mãos do sono eterno. Quem é capaz de achar o caminho de volta?
Pin It
Atualizado em: Dom 4 Fev 2018

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222