person_outline



search

"AMOR INVISÍVEL"

Não escutares os versos que te declamo…
Ignorares a minha essência de mulher
Madura, que sabe o que quer.

É pecado continuares a agir assim,
Quase zombando de mim,
Que te dedico todo o meu amor,
E que transformas apenas em dor.

É loucura agora a minha vida,
Senti-la assim meia perdida.
Deitar ao vento tanto querer,
E pedir a Deus que acabe com este sofrer.

É uma verdadeira insanidade,
Talvez até pura maldade
Desejar-te tanto mal agora,
Voltar-te as costas e ir embora

Pin It
Atualizado em: Dom 10 Set 2017

Comentários  

#8 Simony 24-02-2015 20:58
Adorei! Beiiijos!
#7 wicos 28-09-2014 12:31
parabéns valeu amigo do amigo wicos
#6 jlcece 23-09-2014 21:26
Parabéns!

JLuiz
#5 azara 06-09-2014 10:10
Parabens.\
Abraços
#4 Arnoldo 23-07-2014 07:32
Um poema bom demais, parabéns.
#3 kinzinho 22-07-2014 20:07
Excelente, és a verdadeira obra prima da literatura; Parabéns poeta
#2 tania_martins 18-07-2014 19:36
Parabéns!
Abraços.
#1 fernan 14-07-2014 15:25
Muito bom! Parabéns poeta!

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222