person_outline



search
  • Contos
  • Postado em

SINAIS DOS TEMPOS

Júlia estava na praça, na pista de skate, brincando com a rapaziada, quando viu sua mãe atravessando a avenida e vir esbravejando para o lado dela. Correu e disse para uma menina de 15 anos, Karla, a sua filha.
- Lá vem a sua avó melar a nossa brincadeira!
A referida senhora, antes mesmo de chegar ao jardim, gritou da calçada.
- Vocês duas, venham já pra casa! O nenem está berrando e eu já não sei mais o que fazer. Perdi a paciência. Deve ser fome!
Júlia e Karla pegaram o skate e despediram da turma, prometendo voltar assim que o bebê se acalmasse. Quando chegaram perto da senhora que gritava e gesticulava impaciente, ouviram o sermão:
- Você, Júlia, devia ter mais responsabilidade! Devia saber criar melhor a sua filha e o seu neto. Eu já estou com 55 anos, não agüento mais choro de criança. Você ainda é jovem... agora sabe no que dá ser avó aos 29 anos de idade.

Pin It
Atualizado em: Ter 6 Jul 2010

Comentários  

#1 rackel 11-10-2010 10:15
Rubo, que mundo hein! Adorei.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222