person_outline



search

O homem e o cavalo

Havia um homem.  E Esse homem tinha um cavalo.  E esse homem que tinha um cavalo, todos os dias passeava com ele. E esse homem que tinha um cavalo e que todos os dias passeava com ele, parava na calçada de alguma casa e ali ficava até o cavalo arriar suas necessidades. Depois o homem, sem mesmo olhar para trás, ia embora cantarolando uma canção e levando o seu cavalo tranquilamente.
Um dia fiquei sabendo o motivo que levara aquele homem, que passeava com seu cavalo, a fazer aquele exibição porcalhona e ridícula. Simplesmente o homem morava numa rua próxima e, todos os dias, ao sair para trabalhar encontrava sua calçada CHEIA e REPLETA  de fezes de cachorro. E aquele homem começou a seguir os cahorros porcalhões e seus donos até suas casas. E como todos nós, o homem ficou pensando e se perguntando: porque os donos desses cachorros deixam eles fazerem cocô, e tem cachorro que faz uma MONTANHA de cocô, justamente na minha calçada?  Aí ele teve a idéia de comprar o tal cavalo e levá-lo para se aliviar nas calçadas dos donos daqueles cachorros. BIRUTÃO!!!
É, tem maluco para tudo, se a moda pega o cheiro de cocô de cavalo ia se espalhar rapidamente.
Pin It
Atualizado em: Qui 25 Mar 2010

Comentários  

#2 GeraldoJCostaJr 24-03-2010 17:07
Também por isso eu admiro os cavalos.
#1 rackel 24-03-2010 15:09
É. Um erro não justifica o outro. Gostei.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222