person_outline



search

autossuficiência?

O dia amanheceu oferecendo novidades e você ainda aí ruminando os problemas de ontem.

Por que transbordar lágrimas de dores velhas?
__

_ Ainda dá tempo. É só apagar o estopim, princesa. Está preparada?

_ Não! Quer dizer, ESTÔ REI!
__

Já pensou se esse corpo que você anda fazendo amor portasse sua alma gêmea?
__

“ Você se basta. você é o suprassumo. você, sim, merece o seu amor. a felicidade é você. ”

Não, não é assim. A felicidade é ter alguém que amamos e que nos faça sentir amados, o resto é conversa mole e coisa de livro de autoajuda.
__

As pessoas oferecem ajuda porque o seu semblante estampa apreensão e tristeza, mas você recusa a receber com irritação. Depois precisará desse amor solidário, e receberá puramente piedade.
__

Somos atraídos por amores agonizantes que ainda emite sinais, mas que nas nossas mãos... acabam de vez.
__

As pessoas tentam e às vezes somos partes dos fracassos delas.
__

Chora hoje, depois de me deixar tanto tempo atrás e ter dito por aí que foi a melhor coisa que você fez?

Agora quer mostrar o que,(Cic)atriz?
__

Desabar antes de cair no buraco final? Não, né!
__

A minha efemeridade no relacionar é compensada com profundidade no enquanto.
__

Nem precisa ser de mansinho, quem sabe chegar, chegar de qualquer jeito e é acolhido.
__

A estrada leva ao abismo, portanto viver é enquanto se chega ao buraco final. Planos? Gozar no percurso!
__

O problema de não se permitir é proibir o outro também de chegar pra valer.
__

O ideal é juntar os destroços e começar menos fragmentado o novo ano. A inteireza se fará bem estruturada se as atitudes também forem novas.
__

O que você não é, mas quer ser, e não sabe o que fazer para acontecer, anda lhe sufocando.
__

Tornei-me antipático. Não peço autorização para desvencilhar das pessoas.
__

Tem dia que não estamos nem pra nós mesmos, e não sabemos o porquê. Deveríamos entender isso, e as pessoas mais ainda, mas ninguém entende...e o pau quebra.
__

Moça, você queixa demais e ama como se estivesse trabalhando. Isso não é amor, não. Vá embora, vai.
__

A sua absorção positiva ou negativa de alguém não pode ser entendida como um julgamento correto, claro, mas pode ser um indício a ser ponderado.
__

A pessoa vai se dissipando na nossa frente e reaparece como um ser estranho, e é melhor que não a destruamos e reconstruamos apressadamente o novo ser, pois assim como a original deixou de existir gradativamente, a reconstrução deve ser igual.
__
Pin It
Atualizado em: Qua 12 Jan 2022

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222